Com pneus novos, Vettel bota mais de um segundo na concorrência em Austin

compartilhar
comentários
Com pneus novos, Vettel bota mais de um segundo na concorrência em Austin
Por: Guilherme Carvalho
16 de nov de 2012 14:47

Primeiro treino em Austin foi dominado na maior parte por Hamilton, mas no final o alemão foi o mais rápido

Vettel em Austin

Lewis Hamilton liderou praticamente o primeiro treino livre inteiro, mas, nos últimos minutos, Sebastian Vettel colocou ordem na casa e foi o mais rápido da primeira sessão em Austin. O alemão da Red Bull fez 1min38s125, mais de um segundo mais rápido que Hamilton, que ficou em segundo com 1min39s543. Vettel, no entanto, foi um dos poucos que utilizaram o pneu extra fornecido pela Pirelli para esta sexta-feira.

Em terceiro lugar neste primeiro treino ficou o espanhol Fernando Alonso, que disputa o título com Vettel, com 1min40s337. Button, Webber e Massa fecharam os seis primeiros. O brasileiro Bruno Senna não fez bons tempos, ficando apenas na 22ª posição, mais de seis segundos atrás de Vettel e dois segundos atrás de seu companheiro de Williams, Pastor Maldonado.

A segunda sessão desta sexta-feira começa às 17h. No sábado, o terceiro treino livre será às 13h e o treino oficial às 16h.
 
Com um traçado bem desafiador e um asfalto novo, sem aderência, os pilotos tiveram muita dificuldade em conhecer a pista. A maioria perdeu o carro em algum ponto do treino.

Como de praxe, todos foram para as voltas de instalação assim que o treino foi iniciado. Mas com a pista muito escorregadia, Glock e Kobayashi chegaram a escapar e pegar a parte de fora do traçado.  Mesmo desacelerando, dentro dos boxes, Massa e Vettel quase perderam a traseira devido à sujeira da pista recém inaugurada.

Com 15 minutos de treino, a primeira volta rápida dada oficialmente por um carro de F1 em Austin foi de Kamui Kobayashi na casa do 1min54s846, mas logo depois o próprio Kobayashi baixou o tempo e em três segundos, para 1min51s228 e depois mais três segundos, marcando 1min48s517. Webber, Senna, Kimi e Pérez vinham a seguir.

Aproveitando o crescente emborrachamento da pista, o japonês da Sauber continuou baixando três segundos a cada volta, indo para 1min45s249. Mark Webber, porém, fez 1min44s839 e assumiu a liderança do treino. A esta altura, praticamente todos os pilotos estavam na pista atrás de um maior conhecimento do traçado.

Muitos tinham dificuldades em manter o carro na pista escorregadia, como Vettel, que quase escapou na curva de 19. Logo em seguida o alemão fez 1min44s233, indo para o segundo lugar, atrás apenas de seu companheiro que já tinha 1min43s672. Minutos depois, Hamilton mostrou a força da McLaren, fazendo 1min42s603.

Com 50 minutos de treino, Nico Hulkenberg foi a primeira vítima da subida da curva 1, rodando em um ponto que o piloto tem pouca visão da pista. O piloto voltou a rodar, minutos depois, agora na curva 13. Já Hamilton e Massa quase escaparam na curva 19. Os tempos continuavam baixando exponencialmente e Alonso e Lewis brigavam pela ponta. Alonso chegou a fazer 1min40s603, enquanto Hamilton tinha 1min40s903.

Com uma hora de treino, a McLaren dominava a sessão, com Hamilton em primeiro, com 1min40s175 e Button em segundo, 0.353s atrás. Bruno Senna, que neste GP não cedeu o carro a Bottas, era apenas o 19º, cinco segundos atrás de Hamilton e também escapou na tentativa de melhorar o tempo.

Nos quinze minutos finais, os pilotos voltaram á pista, procurando baixar os tempos. Vettel e Alonso se meteram entre as McLaren, com tempos quase iguais. 1min40s335 para Vettel e 1min40s337 para Alonso. Mas Hamilton baixou para 1min39s687. Antes, o inglês precisou sair da pista para não acertar a traseira de Schumacher, que estava muito lento. No final da sessão, Vettel entrou com pneus novos para baixar o tempo de Hamilton e botar mais de um segundo na concorrência com 1min38s125.

Confira os tempos da 1ª Sessão em Austin:

1º) Sebastian Vettel (Red Bull), 1:38.125 - 30 voltas
2º) Lewis Hamilton (McLaren), 1:39.543 - 28
3º) Fernando Alonso (Ferrari), 1:40.337 - 29
4º) Jenson Button (McLaren), 1:40.528 - 29
5º) Mark Webber (Red Bull), 1:40.650 - 30
6º) Felipe Massa (Ferrari), 1:40.966 - 26
7º) Nico Hulkenberg (Force India), 1:41.023 - 29
8º) Kamui Kobayashi (Sauber), 1:41.036 - 28
9º) Nico Rosberg (Mercedes), 1:41.159 - 32
10º) Sergio Perez (Sauber), 1:41.473 - 29
11º) Paul di Resta (Force India), 1:41.783 - 29
12º) Daniel Ricciardo (STR), 1:41.825 - 28
13º) Jean-Eric Vergne (STR), 1:41.833 - 29
14º) Kimi Räikkönen (Lotus), 1:41.880 - 23
15º) Romain Grosjean (Lotus), 1:41.998 - 27
16º) Pastor Maldonado (Williams), 1:42.539 - 30
17º) Michael Schumacher (Mercedes), 1:42.588 - 25
18º) Charles Pic (Marussia), 1:43.288 - 23
19º) Heikki Kovalainen (Caterham), 1:43.443 - 28
20º) Vitaly Petrov (Caterham), 1:43.522 - 23
21º) Timo Glock (Marussia), 1:44.464 - 24
22º) Bruno Senna (Williams), 1:44.548 - 29
23º) Pedro de la Rosa (HRT), 1:46.917 - 13
24º) Qing Hua Ma (HRT), 1:48.559 - 19
 

Próxima Fórmula 1 matéria
Pilotos podem ter sistema de "pontos na carteira" em 2013

Previous article

Pilotos podem ter sistema de "pontos na carteira" em 2013

Next article

Mesmo com problema no motor, Vettel segue imbatível em Austin

Mesmo com problema no motor, Vettel segue imbatível em Austin
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP dos EUA
Autor Guilherme Carvalho
Tipo de matéria Últimas notícias