Com poucas voltas completadas, Perez revela que dia "não foi fácil"

Sauber teve problemas relacionados à estrutura do carro pela manhã e falhas mecânicas no período da tarde

Perez quer recuperar o tempo perdido amanhã

A Sauber terminou o dia decepcionada com a falta de quilometragem causada por duas pausas, uma na parte da manhã e outra à tarde. Andando com o mexicano Sergio Perez, que fez o sétimo tempo e andou apenas 66 voltas, a equipe descobriu uma falha no modelo novo.

“Não fizemos a quilometragem que queríamos para hoje, mas são coisas que acontecem em testes. Pela manhã tivemos algumas dúvidas em relação à estrutura, o que não havia acontecido em Jerez e parece ser algo relacionado à pista”, afirmou o chefe de engenharia de pista da equipe, Giampaolo Dall’Ara.

“É importante descobrir algo assim durante um teste ao invés de um final de semana de corrida. Fizemos contato com nossos especialistas em Hinwil e, ao mesmo tempo, encontramos uma solução mecânica aqui na pista.”

De acordo com o engenheiro, o time enfrentou mais problemas à tarde, diferentes dos encontrados pela manhã.

“À tarde tivemos outra parada não programada com um problema mecânico na barra anti-rolagem. Não era um problema grande, mas um que consumiu muito tempo já que tivemos de remover o câmbio novamente. Agora é se concentrar na programação para amanhã e torcer por uma sessão bem mais tranquila.”

Perez reconheceu que o primeiro dos quatro dias de trabalho em Barcelona “não foi fácil”, mas acredita que há como recuperar o tempo perdido amanhã.

“Ainda assim coletamos dados importantes ao longo de 66 voltas, os quais analisaremos esta noite. Neste aspecto foi um dia satisfatório. Estou muito animado para amanhã e espero poder fazer muito mais coisas.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias