Com problema mecânico, Button abandona e está quase fora da briga

Inglês, que havia vencido e renascido em Spa, vê distância para Alonso aumentar para 78 pontos. "Ficou difícil"

Button em ação em Monza

Após um fim de semana perfeito na Bélgica, quando venceu e viu alguns adversários zerarem, Button disse que estava ainda na briga pelo título. Veio o GP de Monza e o inglês abandonou a prova quando estava na segunda posição. Assim, viu a diferença para o líder do campeonato, Fernando Alonso, aumentar para 78 pontos – 179 a 101, faltando sete provas para o final da temporada. Após a prova, Button praticamente jogou a toalha em relação às chances de título.

“Agora está bem difícil. Precisamos ser muito consistentes nessa reta final, mas vencemos uma prova, fizemos 25 pontos e, na corrida seguinte, não pontuamos. Ficou bem complicado”, comentou um desanimado Button.

Segundo o inglês, o problema que afetou sua McLaren provavelmente ocorreu na bomba de combustível. "Antes de parar, tudo estava indo bem, embora não estivesse perfeito. Tive uma largada complicada, perdendo uma posição, mas depois consegui ultrapassar o Felipe e recuperei o segundo lugar. Ainda tivemos problemas no pit mais uma vez, mas  consegui retornar em segundo e estava com um bom ritmo. Embora estivesse muito distante de Lewis para pensar em vitória, restavam 30 voltas e muita coisa poderia acontecer. Até que o carro parou, com um problema na bomba de combustível”, relatou.

Com o resultado adverso, Button estacionou nos 101 pontos, permanecendo em sexto no campeonato.
 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Jenson Button
Tipo de artigo Últimas notícias