Com problemas de freio, Raikkonen salva uma nona posição

Mesmo com um final de semana para esquecer, finlandês igualou recorde de Schumacher de 24 corridas nos pontos

Uma classificação ruim, com o nono lugar no grid, que se tornou o décimo por uma punição; e uma corrida com problemas de freios e pit stop mal feito. Mesmo com um final de semana longe do ideal, Kimi Raikkonen conseguiu salvar dois pontos e igualar o recorde de Michael Schumacher de 24 corridas na zona de pontos. A última vez que o finlandês ficou de fora do top 10 foi no GP da China de 2012.

No Canadá, Raikkonen afirmou ao TotalRace que sofreu desde o início da prova. “Perdi completamente os freios na terceira ou quarta volta, os pedais ficaram totalmente moles. Já tínhamos tido problemas na sexta-feira, achávamos que tínhamos resolvidos, mas eles voltaram . Não foi o ideal, mas pelo menos conseguia desacelerar o carro e seguir os outros sem perder muitas posições.”

Além dos problemas na pista, Raikkonen ainda teve um pit stop lento. O macaco traseiro pareceu quebrar antes que as rodas fossem trocadas. No final, ainda perdeu o oitavo lugar para Massa, que fizera uma parada a mais.

“Não sei o que aconteceu no pit stop, eles desceram o carro antes. Depois, perdi uma posição na penúltima volta, mas foi porque meus pneus tinham acabado e não consegui segurar Massa. Foi um final de semana ruim, mas pelo menos marquei dois pontos.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Canadá
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias