Com Raikkonen recuperado, Ferrari tem metas modestas na Alemanha

Finlandês diz não ter mais dores duas semanas após acidente em Silverstone; Alonso espera oportunidades

A primeira parte da temporada esteve longe do que Kimi Raikkonen e Fernando Alonso esperavam na Ferrari. A situação é ainda pior para o finlandês, que está sofrendo para se adaptar ao carro e soma apenas 19 pontos no campeonato após nove etapas.

“Muitas coisas têm de mudar, a temporada tem sido muito ruim até aqui”, reconheceu o finlandês. “Há muitas coisas que temos de consertar e não deve ser muito difícil ter resultados melhores. Preciso acertar algumas coisas para me dar mais confiança no carro e para que possamos chegar onde deveríamos estar.”

[publicidade]O piloto se disse completamente recuperado da batida que sofreu no GP da Grã-Bretanha, que teve um impacto de 47 vezes a força da gravidade. “Tive algumas dores mas agora está tudo bem. As costelas doíam, mas já passou.”

Seu companheiro, Fernando Alonso, que soma 87 pontos, disse não esperar uma grande mudança nas chances da Ferrari neste final de semana e destacou o uso dos pneus.

“Não estamos em uma boa posição, então vamos seguindo lutando por objetivos que não são aqueles pelos quais gostaríamos de lutar. Vamos tentar dar 100% e aproveitar as oportunidades que aparecerem. Será um final de semana um pouco diferente dos outros porque está muito calor e temos os pneus mais macios da escala, então teremos de ficar de olho na degradação.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias