Com saída de Massa, conheça candidatos da Williams em 2018

A Williams possui oficialmente uma vaga em aberto para o ano que vem. Veja quem são os principais candidatos ao posto de parceiro de Stroll

Um candidato a menos

Um candidato a menos
1/14

Felipe Massa oficializou que está fora da F1 em 2018. Com isso, a concorrida vaga da Williams tem um candidato a menos. Conheça quem está no páreo

Robert Kubica

Robert Kubica
2/14

Kubica é tido como o favorito ao posto. O polonês já realizou dois testes com o time, em Silverstone e Hungaroring, a bordo de um carro de 2014.

Photo by: FIA Formula 2

Pontos positivos

Pontos positivos
3/14

Kubica é tido como um piloto rápido e com grande capacidade de liderar a equipe tecnicamente, o que é justamente o que a Williams procura. Além disso, seu retorno chamaria grande atenção em 2018.

Pontos negativos

Pontos negativos
4/14

A Williams ainda não está segura de que Kubica teria condições físicas de competir na temporada completa, já que o piloto ainda sofre sequelas do grave acidente de rali que sofreu em 2011.

Paul di Resta

Paul di Resta
5/14

Di Resta também está no páreo. Aos 31 anos, o escocês é reserva da Williams e até já chegou a competir pelo time no GP da Hungria, quando Massa ficou doente.

Pontos positivos

Pontos positivos
6/14

Di Resta já conhece a forma de trabalho da Williams e conhece todos os membros do time, incluindo Lance Stroll e a diretoria técnica.

Pontos negativos

Pontos negativos
7/14

Di Resta não foi brilhante em sua primeira passagem na F1, entre 2011 e 2013, e não teve trajetória de grande sucesso desde então. Assim, não se sabe se ele teria a condição técnica de trazer os resultados que a equipe espera.

Pascal Wehrlein

Pascal Wehrlein
8/14

O jovem alemão, atualmente na Sauber, ainda tenta cavar uma vaga na Williams para permanecer na categoria em 2018.

Pontos positivos

Pontos positivos
9/14

Wehrlein é tido como uma promessa, já que fez boas temporadas por Sauber e Manor e tem no currículo o título do DTM. Além disso, ele conta com o apoio da Mercedes, o que pode render uma ajuda na negociação.

Pontos negativos

Pontos negativos
10/14

Mesmo rápido, Wehrlein não se mostrou consistente ao longo das temporadas que fez. Além disso, ele tem menos de 25 anos, o que desagrada a principal patrocinadora da Williams, uma empresa de bebidas alcoólicas.

Daniil Kvyat

Daniil Kvyat
11/14

O russo, recentemente dispensado da Toro Rosso, foi colocado pela Williams como mais novo candidato à vaga em 2018.

Pontos positivos

Pontos positivos
12/14

Apesar da má fase nos anos recentes, Kvyat ainda é tido como um piloto de certo potencial. Campeão da GP3 em 2013, o russo chegou a ter boas atuações em sua passagem pela Red Bull, com dois pódios.

Pontos negativos

Pontos negativos
13/14

Kvyat também é mais jovem do que a Williams gostaria (23 anos) e enfrentou uma fase complicadíssima na carreira, com atuações apagadas e erros nos últimos dois anos.

Correm por fora...

Correm por fora...
14/14

Outros pilotos também estão de olho nessa vaga, como Jolyon Palmer e Marcus Ericsson. No entanto, eles são vistos com chances remotas. Quem será que fica com a vaga?

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Conteúdo especial