Com triunfo, Raikkonen quebra maior seca entre vitórias na F1

compartilhar
comentários
Com triunfo, Raikkonen quebra maior seca entre vitórias na F1
Por: Gabriel Lima
22 de out de 2018 17:00

Campeão de 2007 se tornou finlandês mais vitorioso de todos os tempos no esporte vencendo 114 GPs depois no mundial

Kimi Raikkonen fez história no GP dos EUA do último domingo. O piloto conquistou uma importante vitória para sua carreira - sua primeira depois de retornar à Ferrari em 2014 e a apenas quatro GPs de sair do time italiano.

Kimi acabou com uma seca que durava desde o GP da Austrália de 2013, 114 corridas atrás. Encerrando-a em Austin, o piloto agora tem o recorde do maior hiato entre vitórias na história da Fórmula 1, tirando do italiano Riccardo Patrese, com 98 GPs, a primazia na estatística.

Ainda assim, Patrese ainda tem o maior hiato temporal entre duas vitórias: seis anos, seis meses e 28 dias. O hiato entre as duas de Kimi foi de cinco anos, sete meses e quatro dias.

Confira:

  Piloto Hiato entre vitórias (GPs) Corridas Hiato entre vitórias (Tempo)
1 Kimi Raikkonen 114 Austrália 2013 - EUA 2018 5a 07m 04d
2 Riccardo Patrese 98 África do Sul 1983 - San Marino 1990 6a 06m 28d
3 Rubens Barrichello 84 China 2004 - Europa 2009 4a 10m 28d 
4 Mario Andretti 81 África do Sul 1971 - Japão 1976 5a 07m 18d 
5 John Watson 75 Áustria 1976 - Grã-Bretanha 1981 4a 11m 03d 
6 Johnny Herbert 67 Itália 1995 - Europa 1999 4a 00m 16d 
7 Kimi Raikkonen 60 Bélgica 2009 - Abu Dhabi 2012 3a 02m 05d 
8 Bruce McLaren 60 Mônaco 1962 - Bélgica 1968 6a 00m 06d 
9 Clay Regazzoni 54 EUA Oeste 1976 - Grã-Bretanha 1979 3a 03m 16d 
10 Jack Brabham 51 Portugal 1960 - França 1966 5a 10m 19d 

Kimi também finalmente se tornou o finlandês mais vencedor na Fórmula 1 com a conquista. Ele desempatou com as 20 vitórias conquistadas por Mika Hakkinen em sua carreira no campeonato mundial

Mas mesmo assim o piloto fica atrás do compatriota em poles (26 x 18) e em títulos (2 x 1), algo que será difícil de reverter em sua nova casa para 2019, a equipe Sauber.

O finlandês também se tornou o piloto mais velho a vencer uma corrida na F1 desde Nigel Mansell no GP da Austrália de 1994. O britânico tinha 41 anos, já Kimi fez 39 durante a última semana.

Next article
Top 10: GP dos Estados Unidos 2018

Previous article

Top 10: GP dos Estados Unidos 2018

Next article

Veja do que Hamilton precisa para ser campeão no México

Veja do que Hamilton precisa para ser campeão no México
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Gabriel Lima
Tipo de matéria Conteúdo especial