Com virose, Pérez se prepara para "grande desafio" em Sepang

Piloto mexicano relata dificuldades em conseguir fazer bom tempo no Q3

Sergio Pérez foi diagnosticado com uma virose e, devido às consequências, acredita que isso pode interferir no seu desempenho na corrida de domingo, durante o GP da Malásia.

"Eu não estou tão bem. Peguei uma virose", disse Perez ao Motorsport.com depois de se classificar na nona posição para a corrida de domingo. "Na manhã de quinta-feira fui correr e não estava no meu nível normal. Estava com dificuldades para acompanhar meu treinador."

"Entrei no meu quarto, tomei banho e depois estava congelando. Coloquei uma jaqueta, e durante todo o dia estava sofrendo. Progredi muito na sexta-feira, mas no carro, eu lutava para respirar. Isso realmente me prejudicou."

"Hoje, definitivamente isso me prejudicou no Q3. Não houve nada de errado com o carro ou os pneus, eu simplesmente não consegui repetir a volta que fiz no Q2. Se eu pudesse ter melhorado, estaria começando entre os seis primeiros."

Quando perguntado o quão difícil ele espera que o GP da Malásia seja, uma das corridas mais difíceis do ano, ele disse: "Amanhã será um grande desafio."

"Vou tentar me hidratar o melhor que puder. Obviamente, não é o lugar onde você quer estar doente, então será uma corrida dura para mim."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Malásia
Pista Sepang International Circuit
Pilotos Sergio Perez , Esteban Ocon
Equipes Force India
Tipo de artigo Últimas notícias