Comissão Mulheres no Automobilismo nomeia primeiras embaixadoras

Junta tem a missão de desenvolver plataformas para que elas tenham oportunidades iguais de mostrar seus trabalhos

Comissão escolhida junto com o presidente da FIA

A entidade da FIA Mulheres no Automobilismo nomeia seus primeiros membros, que representarão a instituição em diferentes segmentos dos esportes a motor. Cinco delas foram escolhidas no quartel general da FIA em Paris nesta quinta-feira à tarde.

As escolhidas foram: Michèle Mouton, única a vencer etapas no Mundial de Rali; Katherine Legge, piloto de Fórmula Indy; Monisha Kaltenborn, CEO da equipe Sauber; Susie Wolff, responsável pelo desenvolvimento de pilotos na Williams e Maria de Villota, atual piloto reserva da Marussia na Fórmula 1.

"As mulheres hoje têm a competência, a autoconfiança e a educação para seguir uma carreira profissional em qualquer área que escolher, mas elas ainda precisam das oportunidades certas para atingir seus objetivos", disse a indiana CEO da Sauber Monisha Kaltenborn. "O desafio agora é desenvolver as plataformas para elas, para terem chances iguais de mostrar suas habilidades em todas as áreas de negócio que estão interessadas, e que se inclui o automobilismo", finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias