Confira, em imagens, as histórias de sexta-feira em Xangai

O primeiro dia de treinos livres para o GP da China foi marcado por episódios inusitados e outros nem tanto; veja galeria

Nesta sexta-feira (15), foram realizados os primeiros treinos livres em Xangai. Entre episódios inusitados, Mercedes e Ferrari brigando pelas primeiras posições e o retorno de Fernando Alonso, o primeiro dia de atividades em Xangai gerou histórias interessantes, contadas aqui em imagens.

Confira a galeria:

Felipe Massa, Williams FW38

Felipe Massa, Williams FW38
1/15

O episódio da sexta, sem dúvida, teve o brasileiro como protagonista. No primeiro treino livre, Massa sofreu dois estouros de pneu, ambos no traseiro esquerdo, e sequer registrou tempo.

Photo by: XPB Images

Felipe Massa, Williams FW38

Felipe Massa, Williams FW38
2/15

Mais tarde, a Williams descobriu a origem do problema: os aros da roda estavam em atrito com os dutos do freio traseiro. Tal fricção, portanto, fez com que a borracha não resistisse.

Photo by: XPB Images

Felipe Massa, Williams FW38

Felipe Massa, Williams FW38
3/15

Para a segunda sessão, porém, o problema foi solucionado e Massa pôde, enfim, ir para a pista de fato. O brasileiro terminou o TL2 na 14ª posição.

Photo by: XPB Images

Felipe Nasr, Sauber C35

Felipe Nasr, Sauber C35
4/15

Felipe Nasr continua sofrendo com a Sauber. No TL1, o brasileiro foi o 19º - último entre os que marcaram tempo. No TL2, Nasr ficou à frente apenas de Esteban Gutiérrez. Marcus Ericsson, companheiro do brasileiro no time suíço, foi o 15º no TL1 e 18º no TL2 - sendo significativamente mais rápido do que Nasr nas duas sessões.

Photo by: XPB Images

Kevin Magnussen, Renault Sport F1 Team RS16

Kevin Magnussen, Renault Sport F1 Team RS16
5/15

Outro que sofreu com problemas no pneu traseiro esquerdo foi Kevin Magnussen. O incidente com o dinamarquês aconteceu instantes depois do segundo furo sofrido por Massa.

Photo by: XPB Images

Kevin Magnussen Renault Sport F1 Team RS16

Kevin Magnussen Renault Sport F1 Team RS16
6/15

A equipe francesa informou depois que, assim como aconteceu com a Williams de Massa, o problema no pneu foi causado por uma falha mecânica. No caso de Magnussen, o incidente foi gerado por um problema na suspensão traseira esquerda, que não resistiu e se rompeu.

Photo by: XPB Images

Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team W07

Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team W07
7/15

O concentrado Nico Rosberg foi o mais veloz no primeiro treino livre para o GP da China.

Photo by: XPB Images

Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team W07

Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team W07
8/15

Com 1min38s037, o alemão foi o mais rápido na manhã chinesa, comandando a dobradinha da Mercedes - Lewis Hamilton ficou a pouco mais de 0s1 do tempo do germânico.

Photo by: XPB Images

Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team W07

Nico Rosberg, Mercedes AMG F1 Team W07
9/15

Contando as três últimas corridas de 2015, Rosberg tem cinco vitórias seguidas. Será que Xangai verá o sexto triunfo seguido do alemão?

Photo by: XPB Images

Kimi Räikkönen, Ferrari

Kimi Räikkönen, Ferrari
10/15

A única equipe que parece capaz de frear o ímpeto da Mercedes e de Rosberg é a Ferrari. Kimi Räikkönen liderou o troco dos italianos sobre os alemães no TL2, com Sebastian Vettel logo atrás.

Photo by: XPB Images

Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H

Kimi Raikkonen, Ferrari SF16-H
11/15

Utilizando os pneus supermacios, o finlandês marcou 1min36s896, sendo cerca de 0s1 mais rápido do que Vettel. Rosberg veio em terceiro, a pouco mais de 0s2 da marca registrada pelo 'homem de gelo'.

Photo by: XPB Images

Kimi Räikkönen dá autógrafo para fã chinesa

Kimi Räikkönen dá autógrafo para fã chinesa
12/15

Desde que retornou para a Ferrari, Räikkönen ainda não venceu. Será que o finlandês quebra o jejum na China?

Photo by: Jun Qian

Fernando Alonso, McLaren

Fernando Alonso, McLaren
13/15

Fernando Alonso, enfim, encontrou motivos para sorrir: o espanhol foi liberado pela FIA e volta às pistas após o impressionante acidente sofrido no GP da Austrália, prova de abertura da temporada 2016.

Photo by: XPB Images

Fernando Alonso, McLaren MP4-31

Fernando Alonso, McLaren MP4-31
14/15

Inicialmente, o asturiano havia sido liberado para andar no TL1, que serviria como o teste final para as condições físicas do piloto da McLaren.

Photo by: XPB Images

Fernando Alonso, McLaren MP4-31

Fernando Alonso, McLaren MP4-31
15/15

Após a atividade da manhã, Alonso passou por novos exames médicos e foi liberado pela FIA para disputar o GP da China. O piloto, porém, revelou que ainda sente dores e precisará ser cauteloso para não sofrer novos ferimentos na costela - a fratura ainda não está totalmente consolidada.

Photo by: XPB Images
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da China
Pista Shanghai International Circuit
Tipo de artigo Últimas notícias