Contribuição de Ron Dennis foi “colossal”, diz McLaren

Após anúncio da saída do comando do Grupo McLaren, empresa emite nota falando da importância de Ron Dennis

Ron Dennis confirmou, na última terça-feira (16), que não faz mais parte da direção do Grupo McLaren. A McLaren respondeu à confirmação feita pelo britânico e emitiu comunicado no qual agradece Dennis por seus anos de colaboração junto à empresa e valoriza todas as suas conquistas pelo time na Fórmula 1.

"Como informado, Ron Dennis já não detém o cargo de CEO do McLaren Technology Group (ou de suas subsidiárias)", disse a McLaren.

"No entanto, ele permanece como acionista e diretor da McLaren Technology Group.”

"Nos últimos 35 anos a contribuição de Ron para o sucesso da McLaren tem sido colossal.”

"Durante seu mandato, a equipe ganhou 17 campeonatos mundiais e 158 GPs, fazendo dele o líder mais bem sucedido na história da Fórmula 1.”

"Assim como o fundador da empresa, Bruce McLaren, Ron é e sempre será um dos maiores nomes do esporte."

A declaração da McLaren também estabeleceu planos para encontrar um sucessor.

"O McLaren Technology Group está agora em processo de busca de um novo diretor executivo", continuou o comunicado.

"Até que tal nomeação seja feita, a empresa será administrada de forma interina por um comitê executivo composto pelos acionistas majoritários do Grupo".

“Isso será feito em estreita colaboração com o conselho de administração e a equipe de direção, que continuam totalmente comprometidos com a empresa, seus parceiros, seus colaboradores e seus adeptos. Todos partilham de uma apaixonada determinação de desenvolver as nossas muitas forças."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias