Controlando Rosberg, Hamilton vence 1ª da temporada 2015; Massa é 4º

Inglês lidera corrida quase de ponta a ponta em Melbourne. Vettel é o 3º e Nasr impressiona, chegando em 5º

O britânico Lewis Hamilton reinou absoluto no GP da Austrália deste domingo. O atual bicampeão do mundo controlou minuciosamente seu companheiro de equipe e único rival pela vitória, Nico Rosberg. Inclusive, Lewis, apesar das intenções do alemão e provando seu domínio avassalador, não liderou apenas uma volta da corrida – exatamente quando entrou nos boxes para sua única parada.

[publicidade]Foi a 34ª vitória de Hamilton em sua 150ª corrida na carreira de oito anos na Fórmula 1.

Depois da dobradinha da Mercedes veio a Ferrari de Sebastian Vettel, que conseguiu passar Felipe Massa após seu pit, quando o brasileiro, que havia parado antes, ficou uma volta preso atrás de Daniel Ricciardo, e acabou perdendo tempo. Massa foi o quarto.

O outro brasileiro, Felipe Nasr, acabou sua primeira corrida na quinta posição, se tornando o primeiro brasileiro a pontuar em sua estreia na Fórmula 1. O piloto chegou a ocupar a terceira posição momentaneamente antes de parar para seu único pit stop. No início o piloto impressionou, chegando a andar na frente de Räikkönen e segurando Ricciardo.

Apenas onze carros completaram a corrida. Ricciardo foi o sexto, seguido de Hülk, Ericsson, Sainz, Pérez e Button.

Antes da partida, Bottas foi impedido de correr pela FIA por conta de dores nas costas. Magnussen parou sua McLaren enquanto levava seu carro para o grid, o mesmo acontecendo com Daniil Kvyat, ambos por problemas mecânicos. A temporada começou com apenas 15 carros no grid de largada.

Na largada, Hamilton manteve a ponta com Rosberg e Massa logo atrás. Na curva dois, um toque entre Räikkönen e Nasr jogou Maldonado para o muro, trazendo o primeiro Safety Car da temporada. Durante a presença do carro de segurança, Grosjean também abandonou a corrida com problemas mecânicos.

A relargada foi dada na volta 4. Hamilton era líder, à frente de Rosberg, Massa, Vettel e Nasr, que passou pelo espanhol Sainz na curva 1 após a saída do Safety Car. Ricciardo era o sexto com Sainz indo para sétimo. Na volta 10 os dez primeiros eram Hamilton, Rosberg, Massa, Vettel, Nasr, Ricciardo, Räikkönen, Sainz, Verstappen e Hülkenberg.

A ação das voltas seguintes ficou por conta da disputa entre Button e Pérez pela 12ª posição. Os dois se tocaram por vezes, e na volta 15 o mexicano rodou após um contato na curva 3. O primeiro a parar foi Räikkönen, na volta 17. O finlandês tentou o undercut, mas não conseguiu após um erro do mecânico da roda traseira esquerda.

Massa entrou na volta 22, colocando pneus médios, voltando na sexta posição. Ricciardo, que segurou Massa nas voltas seguintes, parou na 24. O tempo perdido atrás do piloto australiano foi providencial, dando a Sebastian, que parou na volta 25, o terceiro lugar do piloto da Williams. Nasr parou na volta 27 em terceiro, voltando em sétimo. As Mercedes também pararam neste momento, com Rosberg uma volta após Hamilton.

Depois das paradas, na volta 29, Hamilton era o líder com Rosberg, Vettel, Massa, Räikkönen, Verstappen (que não havia parado), Nasr, Ricciardo, Hülkenberg e Ericsson atrás completando o Top 10. Com pneus macios, Räikkönen atacava Massa durante seu segundo stint. O finlandês foi para os boxes a 17 voltas do fim, ratificando as posições ganhadas de Nasr e Ricciardo, mas acabou abandonando com problemas na fixação da roda traseira esquerda em seguida. Max Verstappen também abandonou a prova.

A 15 voltas do fim, os onze que estavam na corrida eram Hamilton, Rosberg, Vettel, Massa, Nasr, Ricciardo, Hülkenberg, Sainz, Ericsson, Pérez e Button.

Nas últimas voltas, Hamilton fez a melhor volta da prova e estabeleceu boa vantagem para Nico. A duas voltas do fim, Ericsson conseguiu a oitava posição de Sainz.

A próxima corrida acontece em Sepang, na Malásia, no dia 29 de março.

Confira o resultado:

1. Lewis Hamilton GBR  Mercedes-Mercedes 58 voltas 1hr 31m 54.067s
2. Nico Rosberg    ALE  Mercedes-Mercedes  +1.3s
3. Sebastian Vettel ALE  Ferrari-Ferrari  +34.5s
4. Felipe Massa   BRA  Williams-Mercedes  +38.1s
5. Felipe Nasr    BRA  Sauber-Ferrari  +1m 35.1s
6. Daniel Ricciardo AUS  Red Bull-Renault  +1 volta
7. Nico Hulkenberg ALE  Force India-Mercedes  +1 volta
8. Marcus Ericsson SUE  Sauber-Ferrari  +1 volta
9. Carlos Sainz Jr ESP  Toro Rosso-Renault  +1 volta
10. Sergio Perez MEX  Force India-Mercedes  +1 volta
11. Jenson Button GBR  McLaren-Honda  +2 voltas

Abandonaram

Kimi Raikkonen FIN  Ferrari-Ferrari
Max Verstappen HOL  Toro Rosso-Renault
Romain Grosjean FRA  Lotus-Mercedes
Pastor Maldonado VEN  Lotus-Mercedes

Não largaram

Daniil Kvyat RUS  Red Bull-Renault
Kevin Magnussen DIN  McLaren-Honda
Valtteri Bottas FIN  Williams-Mercedes
Will Stevens GBR  Manor-Ferrari
Roberto Merhi ESP  Manor-Ferrari 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias