Correndo em casa, Rosberg lidera primeiro treino livre

Sessão foi marcada por muitas fritadas de pneu e saídas de pista com carros andando sem o sistema FRIC

Nico Rosberg começou o final de semana de GP da Alemanha mostrando que manda em casa e liderou o primeiro treino livre em Hockenheim. Mas seu companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, que busca roubar a liderança do campeonato, não deu refresco ao alemão e fechou a sessão seis centésimos atrás. Felipe Massa foi o 11º colocado.

As equipes aproveitaram a sessão para estudar os acertos de suas suspensões após o banimento do sistema FRIC, que permitia ganhos aerodinâmicos ao coordenar o funcionamento das suspensões.

[publicidade]O que pode-se observar é que a nova configuração trouxe, pelo menos inicialmente, mais dificuldades de controle do carro para os pilotos, que tiveram várias saídas de pista na primeira sessão.

Quem perdeu tempo de pista para experimentar o “novo” carro foi Kimi Raikkonen, que viu sua Ferrari ficar um bom tempo parada com problemas no sistema de arrefecimento depois de apenas quatro voltas.

Andando com o primeiro jogo de pneus macios, que teria de ser devolvido após meia hora de sessão, Sebastian Vettel foi o mais rápido, mas apenas quatro centésimos à frente da Mercedes de Nico Rosberg. Felipe Massa fechava o top 10 e tinha como companheira nesta primeira sessão Suzie Wolff, três décimos mais lenta em sua estreia “real” em uma sessão oficial depois de sofrer uma quebra logo no início do treino livre em Silverstone.

Outro piloto de testes que assumiu o carro em Hockenheim foi Giedo van der Garde, que andou na Sauber de Esteban Gutierrez.

Com o segundo jogo de pneus macios, Rosberg colocou ordem na casa e assumiu o primeiro posto, com Lewis Hamilton em segundo. As Red Bull apareciam logo atrás com a surpreendente companhia das McLaren, deixando Ferrari e Toro Rosso com as posições finais do top 10.

As Williams demoraram para voltar à pista, mas não conseguiram melhorar os tempos logo de cara. Felipe Massa conseguiu ser um pouco mais rápido, mas não o suficiente para entrar no top 10.

Na parte final do treino, Fernando Alonso conseguiu melhorar e colocou a Ferrari em terceiro, enquanto Hamilton se aproximou, mas não conseguiu superar Rosberg, que começou o final de semana de sua corrida caseira na frente.

A próxima sessão de treinos livres em Hockenheim começa às 9h pelo horário de Brasília. 

Resultado final da primeira sessão de treinos livres do GP da Alemanha

1º Nico Rosberg (Mercedes) 1:19.131, 29 voltas
2º Lewis Hamilton (Mercedes) +0.065, 25 voltas
3º Fernando Alonso (Ferrari) +0.292, 21 voltas
4º Daniel Ricciardo (Red Bull Racing-Renault) +0.566, 27 voltas
5º Jenson Button (McLaren-Mercedes) +0.702, 24 voltas
6º Sebastian Vettel (Red Bull Racing-Renault) + 0.966, 28 voltas
7º Kevin Magnussen (McLaren-Mercedes) +0.974, 32 voltas
8º Kimi Räikkönen (Ferrari) +1.079, 21 voltas
9º Daniil Kvyat (STR-Renault) +1.206, 28 voltas
10º Adrian Sutil (Sauber-Ferrari) +1.374, 18 voltas
11º Felipe Massa (Williams-Mercedes) 1.411, 19 voltas
12º Jean-Eric Vergne (STR-Renault) +1.455, 23 voltas
13º Nico Hulkenberg (Force India-Mercedes) +1.461, 22 voltas
14º Sergio Perez (Force India-Mercedes) +1.467, 24 voltas
15º Susie Wolff (Williams-Mercedes) +1.638, 22 voltas
16º Giedo van der Garde (Sauber-Ferrari) +1.651, 23 voltas
17º Romain Grosjean (Lotus-Renault) +2.472, 20 voltas
18º Pastor Maldonado (Lotus-Renault) +2.723, 30 voltas
19º Kamui Kobayashi (Caterham-Renault) +3.441, 31 voltas
20º Jules Bianchi  (Marussia-Ferrari) +3.851, 24 voltas
21º Marcus Ericsson (Caterham-Renault) +4.125, 35 voltas
22º Max Chilton (Marussia-Ferrari) +4.168, 22 voltas
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias