Correndo pela primeira vez nos EUA, Senna se anima com novidade

Brasileiro revela que irá para Austin treinado pelo videogame e espera que pista se torne uma das favoritas dos piltos

O retorno do GP dos Estados Unidos após cinco anos e, ainda por cima, em um novo palco, é motivo de animação para os pilotos. Costumados a viajar o mundo, há quem estará pela primeira vez no país, como é o caso de Romain Grosjean.

Ouvido pelo TotalRace, Bruno Senna também revela que não conhece muito bem o palco da 19ª etapa do Mundial. “Estou animado em ir para lá. Fui pouquíssimas vezes para os Estados Unidos na minha vida, então é mais uma oportunidade de conhecer um lugar novo. Espero que toda parte externa à pista, as coisas da cidade, sejam boas para todo mundo poder se divertir porque isso complexa o show da corrida”.

O brasileiro, prevendo duas semanas difíceis com as últimas etapas da temporada e o encerramento em meio a muitos eventos de imprensa em casa, vai aproveitar alguns dias de folga perto de Austin, na Flórida. “Antes de Austin, vou para Miami descansar por alguns dias. Espero poder aproveitar antes do GP do Brasil porque os dias seguintes vão ser dureza”.

Sem simulação do traçado na Williams, Senna admitiu que vai para Austin com a experiência do jogo de videogame. “Vi os vídeos da volta do D’Ambrosio [que andou no circuito com a Lotus em evento promocional] e preciso comprar o jogo para computador, porque nessa parte final de campeonato não dá para jogar em casa”.

Pelo que já viu, Senna acredita que a pista deve ser nos moldes da última que estreou no campeonato, também desenhada pelo alemão Hermann Tilke, na Índia. “A pista parece ser muito boa. E, se for mais uma pista com estas curvas rápidas, muita troca de direção e elevações, vai ser mais uma favorita entre os pilotos”.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP dos EUA
Pilotos Bruno Senna
Tipo de artigo Últimas notícias