Crítico de troféus, Hamilton quer prêmio de ouro ao invés de plástico

Piloto diz que ficou chateado ao receber troféu “de GP2” pela vitória no GP da Grã-Bretanha do ano passado.

Com boas possibilidades de vitória neste final de semana em Silverstone, Lewis Hamilton espera ganhar o tradicional troféu dourado do GP da Grã-Bretanha após a corrida. No ano passado, o piloto teve uma péssima surpresa, sendo presenteado no pódio com um troféu com listras vermelhas de plástico do patrocinador da prova.

Isso para Lewis, após uma vitória em seu GP de casa, foi motivo de chateação. 

"No ano passado eles me deram essa coisa e plástico e fiquei pensando: 'este não é o troféu, é como um troféu de GP2, não F1'", falou o piloto em um evento Petronas com a Mercedes-Benz em Londres. No entanto, seu troféu de ouro lhe foi entregue durante a coletiva de imprensa.

Silverstone sediou a primeira corrida de Fórmula 1 em 1950, e o vencedor do GP inglês tem seu nome gravado no troféu dourado do Royal Automobile Club (RAC), concebido originalmente em 1948.

"O de ouro é realmente especial", disse Hamilton.

"Seria ótimo se cada país tivesse um troféu real, como um personagem que cresce ao longo dos anos. Porque isso é história", acrescentou.

"O último na Áustria era de madeira, todo de madeira. A base era chumbo. Quer dizer, o meu deveria ser de prata."

No entanto, Lewis ressalta que a glória de vencer em casa representa bastante também. "Me lembro de assistir Nigel Mansell segurando a bandeira do Reino Unido no carro. É como nos Jogos Olímpicos, como uma medalha de ouro", disse ele.

"É a coisa mais próxima que eu posso imaginar de ter uma medalha de ouro. Espero que eu possa fazer as pessoas orgulhosas."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Lewis Hamilton
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias