De 14º, Hamilton se aproveita de chuva e vence na Alemanha

compartilhar
comentários
De 14º, Hamilton se aproveita de chuva e vence na Alemanha
22 de jul de 2018 14:48

Após acidente de Vettel britânico faz milagre em Hockenheim depois de problemas na classificação e vai para a liderança do campeonato

O GP da Alemanha deste domingo (22) em Hockenheim foi recheado de drama. A corrida se iniciou parecendo que seria um passeio tranquilo para o piloto da casa, Sebastian Vettel, que saiu da pole e remava livre para a sua segunda vitória da carreira em seu país.

No entanto, tudo mudou a 15 voltas do fim. Com uma chuva intermitente que aos poucos deixou a pista escorregadia, o alemão acabou errando, saindo da pista no estádio e abandonando a prova.

Leia também:

Isso trouxe o Safety Car à corrida, e deu a Lewis Hamilton - que saiu em 14º e se utilizou de uma tática diferente após ter tido problemas na classificação de sábado – o primeiro lugar após o britânico decidir na última hora não ir para os pits trocar seus pneus. O piloto chegou a entrar no pit lane, mas acabou saindo pela grama para continuar na pista.

E no fim, mesmo com um ataque de Valtteri Bottas após o Safety Car, Hamilton segurou seu primeiro lugar e venceu sua quarta corrida no ano – sua 66ª vitória na carreira. Agora Hamilton lidera o mundial com 17 pontos de vantagem para Sebastian. O piloto do carro 77 fechou a dobradinha para a equipe alemã, com Kimi Raikkonen logo atrás.

O melhor do resto foi Nico Hulkenberg, que chegou em quinto lugar, à frente de Romain Grosjean, e das Force Indias de Sergio Perez e Esteban Ocon.

A zona de pontos foi fechada por Marcus Ericsson e Brendon Hartley.

Saindo de 19º, Daniel Ricciardo havia se recuperado até o sexto lugar até a volta 29, quando acabou ficando sem potência e abandonou a corrida.

A corrida

Na largada, as cinco primeiras posições permaneceram inalteradas. Vettel pulou na frente enquanto Kimi foi pressionado por Max Verstappen nas primeiras curvas. Hulkenberg ganhou a posição de Grosjean. Hamilton recuperou apenas uma posição na primeira volta.

O top-10 era Vettel, Bottas, Raikkonen, Verstappen, Magnussen, Hulkenberg, Grosjean, Perez, Sainz e Leclerc.

Hamilton foi subindo aos poucos, passando por Ocon, Alonso, Leclerc, Sainz, Grosjean e Perez antes da volta dez. Ele assumiu a sexta posição na volta 11. Três voltas mais tarde ele foi para quinto, passando Magnussen.

Kimi Raikkonen foi o primeiro a ir para os pits, parando na volta 15. Ele voltou exatamente à frente de Hamilton, indo dos pneus ultramacios para os macios.

Nas voltas seguintes, os pilotos das equipes médias passaram a ir aos pits, o que fez RIcciardo, que saiu de 19º, ir para sexto.

Vettel entrou nos pits na volta 26 e saiu em quarto, atrás de Kimi e à frente de Hamilton. Bottas entrou duas voltas depois, enquanto Daniel Ricciardo deixava a prova após sofrer problemas mecânicos.

Na volta 34, Vettel, em segundo atrás de Kimi, reclamou pedindo ordem de equipe para que o finlandês saísse da sua frente. O alemão era claramente mais rápido, mas não conseguia passar o finlandês.

Cinco voltas depois, Kimi recebeu uma ordem expressa dos boxes para deixar Sebastian passar.

Hamilton fez sua única parada na volta 43. A chuva, prevista desde o início da corrida, chegou mas com pouca intensidade. Mesmo assim, Verstappen, Leclerc, Gasly e Alonso colocaram pneus de intermediários, o que se mostrou a decisão errada.

Só que a chuva passou a aumentar, o que fez Sebastian Vettel errar no estádio a 15 voltas do fim e bater, trazendo o Safety Car à pista. Com Bottas indo para o box e Hamilton ficando na pista.

Na relargada, o top-5 era Hamilton, Bottas, Raikkonen, Verstappen e Hulkenberg.

Nas últimas voltas, Hamilton abriu do resto e rumou para a vitória em Hockenheim.

A próxima etapa ocorre na semana que vem, na Hungria.

Confira o resultado da corrida:

Cla Piloto Chassi Motor Tempo
1 united_kingdom Lewis Hamilton  Mercedes Mercedes  
2 finland Valtteri Bottas  Mercedes Mercedes 4.535
3 finland Kimi Raikkonen  Ferrari Ferrari 6.732
4 netherlands Max Verstappen  Red Bull TAG 7.654
5 germany Nico Hulkenberg  Renault Renault 26.609
6 france Romain Grosjean  Haas Ferrari 28.871
7 mexico Sergio Perez  Force India Mercedes 30.556
8 france Esteban Ocon  Force India Mercedes 31.750
9 sweden Marcus Ericsson  Sauber Ferrari 32.362
10 new_zealand Brendon Hartley  Toro Rosso Honda 34.197
11 denmark Kevin Magnussen  Haas Ferrari 34.919
12 spain Carlos Sainz  Renault Renault 43.069
13 belgium Stoffel Vandoorne  McLaren Renault 46.617
14 france Pierre Gasly  Toro Rosso Honda 1 vt
15 monaco Charles Leclerc  Sauber Ferrari 1 vt
16 spain Fernando Alonso  McLaren Renault 1 vt
17 canada Lance Stroll  Williams Mercedes 14 vts
18 germany Sebastian Vettel  Ferrari Ferrari 16 vts
19 russia Sergey Sirotkin  Williams Mercedes 16 vts
20 australia Daniel Ricciardo  Red Bull TAG 40 vts
Próxima Fórmula 1 matéria
Ricciardo quer assinar com Red Bull no início desta semana

Previous article

Ricciardo quer assinar com Red Bull no início desta semana

Next article

TABELA: Batida de Vettel faz liderança voltar para Hamilton

TABELA: Batida de Vettel faz liderança voltar para Hamilton
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Alemanha
Tipo de matéria Relato da corrida