De casa nova, Hamilton diz que não tem nada a perder na Mercedes

compartilhar
comentários
De casa nova, Hamilton diz que não tem nada a perder na Mercedes
14 de mar de 2013 10:27

Inglês reconhece que terá o mesmo carro dos testes e acredita que sua equipe tenha treinado mais leve que rivais

Prestes a estrear pela Mercedes, Lewis Hamilton tratou de manter as expectativas baixas. Afinal, a equipe vem de um campeonato difícil em 2012, tendo marcado apenas seis pontos nas últimas seis etapas e, na visão do inglês, só tem a crescer neste ano.

“Deve ser uma temporada dura, mas tomara que façamos progressos”, afirmou Hamilton, ouvido pelo TotalRace na Austrália. “Não temos nada a perder. Pessoalmente, quero trabalhar com a equipe para trazer sucesso a eles. Não tenho nada a provar enquanto piloto, mas tenho coisas a melhorar como pessoa e há algumas áreas em que quero ser melhor e vou trabalhar para isso nesse ano.”

O campeão de 2008 reconhece que não terá melhorias em seu carro até a quarta ou mesmo a quinta etapa. “Vamos ter updgrades para a China ou Barcelona. Estou forçando para que tenhamos melhorias para todas as corridas e eles estão trabalhando duro para isso. Se pudéssemos, traríamos coisas para cá, mas a equipe está no limite. Provavelmente trabalharemos mais com grandes saltos do que trazendo pequenas melhoras a cada GP.”

Perguntado sobre as apostas para o campeonato, Hamilton acredita que o ex-companheiro Fernando Alonso tem chances, mas vê a Red Bull na frente. “Acho que o piloto mais forte é Fernando, mas pode ser Sebastian, porque acho que a Red Bull não estava mostrando todo seu potencial. Quando todos estivermos com pouco combustível, acho que de repente eles serão muito rápidos.”

E a Mercedes? Mesmo tendo liderado os testes com Nico Rosberg, a equipe não espera o mesmo desempenho nas primeiras etapas, reconhece Hamilton. “Pode ser que tenhamos corrido com pouco combustível quando os rivais estavam com cargas mais altas. Não acho que há nada de impressionante. Meu sonho é vencer aqui, mas é mais realista pensar em pódio ou em terminar entre os cinco primeiros.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Estreante, Bottas acredita em ano "igual ou mais disputado que 2012"

Previous article

Estreante, Bottas acredita em ano "igual ou mais disputado que 2012"

Next article

Com 'experiência na F-1', Gutiérrez se vê pronto para correr

Com 'experiência na F-1', Gutiérrez se vê pronto para correr
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Pilotos Lewis Hamilton Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias