De chassi novo, Nasr se sente mais confortável com carro

Brasiliense fica à frente do companheiro Ericsson nos dois treinos desta sexta-feira, mas reclama de rendimento com pneus supermacios

Após as duas sessões de treinos livres de hoje, Felipe Nasr falou com propriedade que acredita que o GP da Rússia pode marcar um recomeço para sua temporada. Relatando seu carro como imprevisível nas primeiras três corridas, o piloto teve o chassi do C35 trocado e se disse muito mais contente com seu desempenho nesta sexta-feira.

"Eu consegui completar o programa como o planejado hoje”, falou Felipe.

“Fiz uma boa quilometragem, o que foi importante para entender como os pneus se comportam comparando com o ano passado. O carro está muito melhor comparado aos fins de semana de corridas anteriores.”

“Fiquei satisfeito com o ritmo com pneus macios, mas temos que trabalhar mais no composto supermacio. Tentamos trabalhar no acerto para a corrida com os pneus supermacios, o que não deu certo como queríamos. Temos de analisar isso, mas eu acho que há espaço para melhorias."

Já seu companheiro Marcus Ericsson, último do dia, não ficou satisfeito com o trabalho realizado.

"Não foi a sexta-feira perfeita para mim. No entanto, fiz muitas voltas hoje para reunir uma grande quantidade de informações”, falou.

“Esta pista tem um asfalto diferente, o que torna difícil de fazer os pneus funcionarem. Vimos isso no ano passado e novamente hoje. Estou tendo dificuldades para fazer os pneus funcionarem. Tentamos acertos diferentes, mas não estamos indo na direção certa ainda."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Rússia
Pista Sochi Autodrom
Pilotos Marcus Ericsson , Felipe Nasr
Tipo de artigo Últimas notícias