De longas retas, curvas apertadas e técnicas, Valência desafia pilotos McLaren

Lewis pilota para manter a liderança e Jenson se motiva por correr em outro circuito de rua e ter a chance de voltar a lutar pelo título

McLaren de Lewis Hamilton

Após cruzarem o atlântico e vencerem em Montreal, a McLaren retorna à Europa com Lewis Hamilton liderando o campeonato. O circuito de rua valenciano, palco da próxima etapa da Fórmula 1, recebe a categoria com longas retas e com curvas lentas, onde as ultrapassagens são difíceis e não se tem muita aderência, principalmente nos primeiros treinos.

Vencedor da corrida canadense, Lewis Hamilton - que chegou em quarto na prova do ano passado no circuito espanhol - comentou suas expectativas para o GP da Europa:

"O circuito é muito difícil - é uma pista muito técnica, com muitas curvas lentas e de média velocidade e que exigem boa tração, acerto e precisão. No final da volta, a pista ganha velocidade e se abre. O caminho que te levam para os boxes é incrivelmente rápido, além disso, você tem que ficar bem posicionado em toda saída de curva, para garantir o correto posicionamento do carro para a curva seguinte", revelou Lewis.

Já Button espera poder voltar a briga pelo título depois de maus resultados. E o inglês se sente ainda mais otimista por se tratar de um circuito citadino.

"Valência é uma pista que eu realmente gosto; Já ganhei em circuito de rua este ano, então eu definitivamente estou otimista a ter outro grande fim de semana e pegar o ritmo da disputa do título novamente", finalizou.

A McLaren, apesar de estar liderando o campeonato de pilotos, está a  mais de 30 pontos atrás da líder Red Bull, e boa parte disso é o posicionamento de Jenson Button na temporada. O inglês campeão do mundo em 2009 está somente em oitavo.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Europa
Pilotos Jenson Button , Lewis Hamilton
Tipo de artigo Últimas notícias