De novo na frente de Alonso, Massa analisa: "Estou muito bem em treino"

Brasileiro sai em 7º em Abu Dhabi e encosta no companheiro de Ferrari em classificações na temporada: 8 a 9

Pelo terceiro GP consecutivo, o brasileiro Felipe Massa irá largar à frente de seu companheiro Fernando Alonso. O brasileiro, que não continuará na Ferrari em 2014, conseguiu o oitavo melhor tempo em Abu Dhabi, após praticamente eliminar Alonso do Q3. Massa passou em 10º no Q2, um décimo de segundo mais rápido que o espanhol. O brasileiro larga em sétimo, porém, devido à

Ao TotalRace, o brasileiro destacou que faz um bom ano em classificação. “Estou muito bem em classificação, lógico. Em muitas corridas não consegui chegar onde eu queria, mas em classificação não tem o que reclamar, venho bem desde o início do ano. Espero continuar assim até o final. Tem mais duas pistas que eu gosto, Estados Unidos e Brasil, então é tentar fazer um final de ano decente, tanto em classificação, quanto em corrida”, disse Massa, que está perdendo por 9 a 8 em classificação no duelo interno contra Alonso.

LEIA TAMBÉM

Antes do treino deste sábado, Massa estava bem pessimista em relação a ficar entre os 10 primeiros, mas a queda da temperatura à noite ajudou o desempenho do seu carro. “Foi um pouco melhor do que eu esperava, sem dúvida. Hoje de dia a situação era bem complicada. Dava até para apostar alguma coisa que a gente não ia chegar ao Q3. Com a temperatura um pouco mais fresca à noite, melhorou para o nosso carro. Já é uma pista difícil para gente, pois a tração é fundamental para fazer uma boa volta aqui. Carga aerodinâmica também é fundamental, então não temos um carro competitivo aqui. Com a temperatura alta fica pior. A gente não conseguia fazer uma volta, o pneu esquentava e perdia tração principalmente no último setor. Com a temperatura mais baixa ajudou. A corrida é à noite, então vamos tentar ter um bom carro amanhã. Estou feliz, consegui tirar o máximo do carro na classificação e isso conta muito, é importante”, afirmou Massa, que espera uma corrida difícil amanhã.

“Será uma corrida muito difícil, mas vamos lutar até o final, ver se conseguimos pelo menos somar alguns pontos importantes. Isso conta não só pra mim, como piloto, mas para o campeonato de equipes. Estamos na luta com a Mercedes, mas também com a Lotus. Podemos não só voltar ao segundo lugar, como perder o terceiro”, concluiu Massa que luta pelo sétimo lugar no campeonato contra Romain Grosjean. Ambos têm 102 pontos.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pilotos Felipe Massa
Tipo de artigo Últimas notícias