De olho na Ferrari, Hulkenberg analisa opções para 2016

Após vitória em Le Mans e bom resultado na Áustria, piloto alemão volta a ser bola da vez na temporada de boatos.

Depois da grande vitória nas 24 Horas de Le Mans, o nome de Nico Hulkenberg ganhou impulso no mercado de pilotos da Fórmula 1. Mesmo tido como um dos mais competentes da categoria, o alemão não era mais cotado por equipes grandes – até o ocorrido em Le Mans em junho. Acredita-se que ele possa estar sendo considerado pela Ferrari no próximo ano se o time decidir por substituir Kimi Raikkonen.

A situação permanece aberta no momento, já que a Ferrari também estaria em discussões com a Williams sobre um acordo financeiro que a permita contratar Valtteri Bottas. Maranello também estaria interessada em Daniel Ricciardo, mas o australiano tem um contrato firme com a Red Bull por mais três anos, o que o torna muito difícil.

Hulkenberg, por sua vez, insiste que não se distrai com a possibilidade de ir para a Ferrari depois de ter perdido sua primeira negociação há dois anos. Ele admite que está analisando atentamente o que pode fazer em 2016.

Quando perguntado se permaneceria na Force India ou mudaria de equipe, Hulkenberg disse: "Depende do que estiver em oferta...”

"Claro, você tem de verificar as opções. Você tem de verificar no mercado o que está disponível ou o que pode tornar-se disponível. Seria tolo de não fazer isso. Acho que a coisa mais importante para mim é me manter focado, para atingir meu máximo a cada fim de semana. Isso é o melhor que posso fazer. O resto acontecerá naturalmente.”

"As coisas não estão totalmente nas minhas mãos e sob o meu controle. Há outros fatores que jogam também. Ainda é cedo. Estou feliz e confortável onde estou, e vou continuar lutando e trabalhando."

"A atenção é normal. Você faz duas boas corridas e isso é o que acontece. Isso não me muda, já aconteceu antes. Estou focado na situação atual, especialmente agora, com este fim de semana e com este pacote. Temos de nos concentrar para tirar o melhor proveito disso."

No entanto, Hulkenberg se diz ciente da oportunidade que o sucesso de sucesso Le Mans lhe deu.

"As três últimas semanas foram ótimas, com muitas coisas positivas", disse ele. "Tive algum tempo depois da Áustria para digerir e respirar. Foi positivo e estou em uma boa dinâmica no momento. Vou tentar mantê-la."

Hulkenberg também é tido como o principal alvo da nova equipe Haas, que está formando uma parceria técnica com a Ferrari para o próximo ano.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Grã-Bretanha
Pista Silverstone
Pilotos Nico Hulkenberg
Equipes Force India
Tipo de artigo Últimas notícias