Décimo, Senna supera Petrov: "Já é uma vitória"

compartilhar
comentários
Décimo, Senna supera Petrov:
Por: Bruno Vicaria
9 de set de 2011 12:23

Brasileiro admite que não extraiu tudo o que podia de si e do carro, mas mostra satisfação por ter andado entre os dez em Monza

Bruno Senna: tranquilidade e confiança em Monza

Ao contrário da Bélgica, quando começou sua participação com um acidente, Bruno Senna era só alegria ao término do primeiro dia de treinos para o GP da Itália de F-1.

Com os pés no chão, o brasileiro da Renault, que foi o décimo, logo à frente de Vitaly Petrov, sabe que ainda não atingiu o seu potencial total e do veículo, mas se mostrou satisfeito com o que viu.
 
"Foi bom, tivemos um ótimo progresso. A intenção era ter uma situação mais tranquila do que em Spa, fazer o maior número de voltas sem erros, que estragassem os pneus do carro. No final, com pneu mole e pouco combustível, consegui um bom tempo de volta", comenta.
 
"Ainda estou longe do potencial que consigo entregar. Precisamos trabalhar na consistência do acerto e ainda não sei o limite do carro, mas estou animado. O dia foi positivo, e estar perto do Vitaly é uma grande vitória", analisa Bruno, que insiste na tecla da calma e em apostar na realidade para a classificação, que, segundo ele, será a parte mais difícil do sábado.
 
"Estar entre os dez, mais perto do décimo. Alguns décimos já são posições para a frente, é o tipo de situação animadora. Se a gente trabalhar o acerto, podemos melhorar. A intenção para amanhã é conseguir achar tempo, pois estou fraco no setor intermediário e temos potencial. Estou recomeçando e não adianta ficar desesperado pela pole."
 
"A classificação será mais difícil, pois em Spa tinha mais folga no molhado. Aqui será apertadíssimo e acertar tudo na volta não será fácil. Será minha primeira classificação no seco, com pressão alta. A corrida será outra história, pois alguns carros tem mais degradação de pneus que outros. Vamos traçar melhor nosso alvo e não adianta querer brigar com Red Bull e Ferrari", completa Senna, que acabou multado em pouco mais de 8 mil euros por ter excedido o limite de velocidade nos boxes.
 
(Colaborou Luis Fernando Ramos, de Monza)
Next article
Patrocínio e confirmação deixam Senna tranquilo para Monza

Previous article

Patrocínio e confirmação deixam Senna tranquilo para Monza

Next article

Massa vive fim de semana de italiano em casa

Massa vive fim de semana de italiano em casa
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Bruno Senna
Autor Bruno Vicaria
Tipo de matéria Últimas notícias