Decisão sobre Honda era "bastante clara", diz Horner

compartilhar
comentários
Decisão sobre Honda era
Adam Cooper
Por: Adam Cooper
19 de jun de 2018 11:57

Chefe da Red Bull disse que decisão de mudar para Honda em 2019 foi tecnicamente dirigida e "bastante clara"

Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Christian Horner, Red Bull Racing Team Principal, Alain Prost, Renault Sport F1 Team Special Advisor and Cyril Abiteboul, Renault Sport F1 Managing Director
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Christian Horner, Team Principal, Red Bull Racing
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14, leads Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14
Max Verstappen, Red Bull Racing RB14

A Red Bull chegou a anunciar que tomaria uma decisão sobre seus motores a partir de 2019, após analisar o rendimento dos carros da Toro Rosso depois de uma atualização no GP da França, mas antes mesmo dos carros irem à pista em Paul Ricard, a equipe austríaca tomou a decisão de ter unidades de potência da fabricante japonesa.

Cyril Abiteboul, da Renault, sugeriu hoje que a decisão da Red Bull não foi tomada por razões técnicas, embora Christian Horner, chefe da equipe, discorde.

Leia também:

Horner admitiu que a equipe havia decidido tomar a decisão mais cedo do que o planejado inicialmente, após pressão da Renault.

"Decidimos que, com base nas informações que recebemos de Montreal, nossa decisão, impulsionada pela engenharia, foi bastante clara no final", disse Horner.

"Então sentimos que, em vez das coisas se atrasarem ou demorarem mais tempo, e a Renault também estava muito interessada em tomar uma decisão o mais rápido possível para ter seus próprios planos em prática, então decidimos que era o momento certo para fazer isso.”

Ele acrescentou: "Nós estamos em uma posição privilegiada para ter um lugar na primeira fila para monitorar o progresso de como a Honda está se saindo em nossa equipe na Toro Rosso.”

"Foi ótimo ver esse progresso. Chegamos à conclusão de que a Honda está dando bons passos, bons progressos, tanto em desempenho quanto em confiabilidade e, portanto, tomamos a difícil decisão de trocar de unidades após 12 temporadas para algo novo, de 2019 em diante."

Horner deixou claro que espera que a equipe esteja em uma posição vencedora com a Honda e seja capaz de enfrentar a Ferrari e a Mercedes.

"Nossa determinação como equipe é continuar diminuindo a diferença para nossos concorrentes imediatos.”

"Temos tentado fazer isso ao longo dos últimos dois anos e, é claro, a unidade de potência é um elemento vital dentro de um carro de F1, e estamos confiantes de que a Honda tem a infraestrutura certa, os recursos certos e determinação para nos ajudar em nossa busca para reduzir a distância para as equipes à frente de nós, Ferrari e Mercedes.”

Ele reconheceu que ter a Red Bull e a Toro Rosso alinhadas com a Honda criaria benefícios claros para todos os envolvidos.

"Acho que o relacionamento com a Toro Rosso foi extremamente útil para a Honda.”

"É claro que a Red Bull Technology tem um envolvimento com a Toro Rosso por meio do fornecimento de transmissão e assim por diante, então é claro que há sinergias lá, e isso só ajuda a criar mais sinergias entre as duas equipes tendo ambas alimentadas pela mesma unidade.”

"Então, sim, há benefícios definitivos da oferta comum, tanto para a Honda, quanto para as atividades da Red Bull na F1."

Horner insistiu que a Red Bull não desistiu de alcançar mais sucesso com a Renault antes do final desta temporada.

"Estamos muito focados no campeonato mundial de 2018, temos uma chance em ambos os campeonatos, vencemos dois GPs até agora neste ano, estamos em terceiro no campeonato de construtores e há um longo caminho a seguir.”

"Então, vamos avançar até o final, e vamos contar com o apoio da Renault até o final do ano, que tenho certeza que eles darão de forma inabalável, como fizeram durante nossas 11 temporadas anteriores."

 

Próxima Fórmula 1 matéria
Honda: Red Bull não terá status de time de fábrica

Previous article

Honda: Red Bull não terá status de time de fábrica

Next article

Ultramacios dominam escolhas de pneus para GP da Áustria

Ultramacios dominam escolhas de pneus para GP da Áustria

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes Red Bull Racing
Autor Adam Cooper
Tipo de matéria Últimas notícias