Demanda obriga criação de nova arquibancada em Melbourne

Com dois representantes, Webber e Ricciardo, no grid, procura por ingressos surpreendeu os organizadores

O GP da Austrália é disputado em Albert Park desde 1996

A continuidade do GP da Austrália pode estar em dúvida, com Bernie Ecclestone recentemente tendo reclamado da indecisão do governo local a respeito da renovação do contrato da corrida, que acontece em Melbourne desde 1996, mas os organizadores do evento anunciaram que uma arquibancada adicional terá de ser construída para atender à demanda por ingressos para a prova.

“Após uma incrível procura, as arquibancadas existentes já estão praticamente cheias e estamos animados em anunciar que vamos construir outra na curva 1”, afirmou Andrew Westacott, CEO da organização do GP.

O evento ocorre no final de semana do dia 18 de março e abre a temporada de F-1. A Austrália conta com dois representantes, Mark Webber, correndo pelos bicampeões mundiais Red Bull, e Daniel Ricciardo, que faz sua estreia em casa, pela Toro Rosso.

“Com menos de duas semanas para que o primeiro evento de automobilismo aconteça no país, os australianos estão apoiando o esporte como nunca.”

Com a nova arquibancada, serão abertos mais 844 lugares. Os ingressos para o setor custarão 310 dólares australianos, pouco menos de R$ 600.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Austrália
Tipo de artigo Últimas notícias