Dennis sugere que Alonso tire "ano sabático" em 2016

O chefe da McLaren indicou que Alonso poderia "tirar umas férias" se o carro não for competitivo em 2016

Ron Dennis, chefe da McLaren, disse que Fernando Alonso poderia tirar um ano de férias, caso o carro da equipe não se mostre competitivo em 2016. No entanto, o dirigente disse que o espanhol terá, sim, de cumprir os três anos de contrato com o time, e que só será liberado após correr a temporada de 2018.

"Ele irá, definitivamente, terminar a sua carreira na McLaren. Eu tenho uma mente aberta para qualquer coisa, e algumas ideias envolvem alguns tipos de considerações, como anos sabáticos, etc", disse Dennis.

"Mas neste momento, eu diria que nós sabemos onde estaremos no futuro. Eu acho que nós tivemos um final de semana difícil no Japão.  Nós temos um grande número de opções de pilotos no mercado e dois dos melhores do mundo nos nossos carros. Mas, neste momento, os pilotos para o próximo ano são Alonso e Jenson Button", disse.

Alonso rebate o chefe

 

Perguntado, antes do treino de classificação, sobre as declarações do chefe, Alonso negou que tenha cogitado a hipótese de tirar um ano sabático e se mostrou surpreso com as declarações de Dennis.

"Eu ainda não falei com ele, então não acho que isso seja verdade. É sempre a mesma história. Quando Ron ou outro piloto dizem algo, eu preciso responder tendo de adivinhar o que eles quiseram dizer", disse o espanhol.

"Eu acho que quando ele fala, você tem a oportunidade de ouro de perguntá-lo e eu não sei o que ele quis dizer com isso. Se ele quiser colocar pressão sobre alguém, eu tenho certeza de que não é em mim. E se ele quer pressionar alguém, tem de ser a Honda, para que eles façam um bom trabalho no inverno", disse.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento Abu Dhabi GP
Pista Yas Marina Circuit
Pilotos Fernando Alonso
Equipes McLaren
Tipo de artigo Últimas notícias