Dennis também romperia com a Honda, diz Brown

compartilhar
comentários
Dennis também romperia com a Honda, diz Brown
16 de dez de 2017 18:50

Diretor executivo da McLaren considera que ex-dirigente inglês também desfaria a parceria que ele reestabeleceu

Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Zak Brown, Executive Director, McLaren Technology Group
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32, stops in his pit garage
Lando Norris, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32
Stoffel Vandoorne, McLaren MCL32

Diretor executivo da McLaren, Zak Brown acredita que Ron Dennis, antigo dirigente máximo da equipe, tomaria a mesma decisão em romper a parceria técnica com a Honda na F1.

O acordo com a Honda foi firmado justamente na era em que Dennis comandava, sendo que a intenção era repetir o período de sucesso entre a McLaren e a fabricante japonesa do fim dos anos 80, começo dos anos 90.

No entanto, a McLaren enfrentou imensas dificuldades nas últimas três temporadas – exemplo disso foi o fato de que, em 2017, fechou o Mundial de Construtores na penúltima posição.

Para Brown, a decisão de desfazer a parceria era inevitável. Perguntado pela emissora Sky Sports se Dennis faria a mesma coisa, disse: “Acho que ele faria. O queima por dentro, assim como acontece conosco, que nós não estejamos vencendo corridas.”

“Ele estava aqui quando as conversas estavam em andamento, e acho que Ron sempre teve e sempre terá o melhor dos interesses da McLaren no coração. Ele é o Sr. McLaren”, continuou.

A partir de 2018, a McLaren usará motores Renault; já a Honda continuará na F1 em parceria com a Toro Rosso. 

Próxima Fórmula 1 matéria
Sainz: mudança prematura para a Renault valeu a pena

Previous article

Sainz: mudança prematura para a Renault valeu a pena

Next article

Prost: Acordo com a McLaren coloca pressão na Renault

Prost: Acordo com a McLaren coloca pressão na Renault
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Equipes McLaren Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias