Depois de estreia em Interlagos, Nasr aprova mudanças

Confirmado como titular na Sauber na próxima temporada, brasileiro participou de treino livre com a Williams

Em sua primeira vez pilotando um Fórmula 1 no circuito de Interlagos, Felipe Nasr ficou satisfeito com a 1h30 de contato com o carro da Williams na primeira sessão de treinos livres para o GP do Brasil – e aprovou as mudanças pelas quais a pista passou para este ano.

[publicidade] O piloto, que é reserva na Williams e está confirmado como titular na Sauber no ano que vem, fechou a sessão em 12º lugar e só lamentou a perda de tempo de pista devido a um problema no carro que volta às mãos de Valtteri Bottas a partir do segundo treino.

“A primeira parte da sessão foi muito boa, deu para me acostumar bem com o carro e com a pista. No final, eu deveria ter saído à pista mais uma vez, mas a bandeira vermelha comprometeu isso. Depois, tivemos um pequeno problema e tivemos de trocar uma peça no carro, o que demorou bastante. Poderia ter sido melhor, mas foi positivo, são informações importantes.”

Com a outra Williams, Felipe Massa fez o quinto tempo, mas Nasr explicou que os carros tinham configurações distintas. “A principal diferença entre os carros eram os dutos de freio, pois estávamos testando soluções diferentes.”

Antes da experiência desta sexta-feira, Nasr havia andado em Interlagos na F-BMW, em sua primeira corrida de monopostos, em 2008, na qual ficou em terceiro lugar. Nestes treinos livres, o piloto pôde testar as novidades do circuito para este ano, como o novo asfalto e a entrada dos boxes. E aprovou as mudanças.

“Achei que eles fizeram um excelente trabalho com o asfalto, não senti nenhuma ondulação. É claro que aderência ainda está baixa porque o circuito é novo, mas vai melhorar durante o final de semana”, afirmou.

“A entrada dos boxes, também, está aprovada. Por ter um guard rail na entrada, acho que a segurança melhorou. Vai aumentar um pouco o tempo de parada, mas esse não é um problema. O importante é você ter certeza dessa segurança e, nesse sentido, eles fizeram um grande trabalho porque você fica obrigado a frear um pouco antes de entrar no box.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias