Depois de má corrida em Silverstone, Hülkenberg é otimista falando de Hockenheim

Piloto da casa e um dos dois pilotos a marcar pontos em todas as provas de 2014, Nico destaca características da pista

Em grande fase pela Force India, Nico Hülkenberg ainda não chegou fora da zona de pontos neste ano de 2014, pontuando em todas as provas disputadas até aqui. O alemão comemorou a boa colocação em Silvertone, uma pista que era ruim para o seu carro, e agora, indo para Hockenheim, uma pista que conhece e gosta, espera voltar a disputar as primeira posições,

"Mesmo em pistas que foram ligeiramente difíceis, conseguimos marcar pontos - por exemplo, Silverstone”, explicou Hülk.

“O equilíbrio do carro não era o ideal, mas ainda voltamos para casa com quatro pontos. Me sinto mais positivo sobre o nosso desempenho na Alemanha, especialmente com o retorno dos pneus macios e supermacios. Conheço Hockenheim muito bem, porque é meu circuito local, sempre competi lá quando eu estava crescendo.

“Para mim, a curva mais complicada é a primeira. É muito rápida em bem mais de 200 km/h, e lá é há uma zebra na saída, onde é fácil cometer um erro e espalhar. Outra ponto difícil da pista é o hairpin após a reta oposta. É uma zona de frenagem pesada e é fácil de travar os freios e perder tempo. Mas também é uma grande oportunidade para ultrapassar.

“A corrida é sempre boa em Hockenheim, por isso deve ser um bom show para os fãs."
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias