Depois de pódio no Bahrein, Pérez sofre com falta de aderência na China

Apenas em 16º no grid, piloto da Force India lamenta falta de aderência em todos os tipos de pneu na classificação

Com o primeiro pódio desde 2012 vindo na última corrida no Bahrein, Sergio Pérez esperava muito mais da classificação para o GP da China. O piloto da Force India não conseguiu fazer nada melhor do que um 16º lugar, ficando em último no Q2 após um treino muito difícil graças às condições climáticas.

“Hoje realmente o clima não veio a nosso favor”, lamentou o piloto do carro #11 ao TotalRace.

“Não estamos rápidos como estivemos no Bahrein, mas definitivamente o alvo é estar no Top 10. Foi um classificação muito desapontadora.”

O piloto relatou falta de aderência com os dois compostos de pneus usados nesta classificação. “Tive muitos problemas com aderência, então vamos precisar analisar bem todos os pneus e todos os compostos, não tive nenhuma aderência.”

“Mas agora é hora de nos concentrar para a amanhã para conseguirmos fazer uma boa estratégia e tentar estar nos pontos”, suavizou.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias