Depois de sofrer na Áustria, Ricciardo espera dar volta por cima

Australiano acredita que sua Red Bull vai se adaptar melhor às curvas de alta de Silverstone - e mira pódio

Depois da inesperada vitória no GP do Canadá, Daniel Ricciardo não escondeu a frustração com a performance apagada da Red Bull em seu GP caseiro, na Áustria. O australiano, contudo, acredita que foi apenas uma questão de adaptação do carro à pista.

[publicidade]“Esperávamos ser mais rápidos e estávamos otimistas quanto a estar no top 5 e talvez chegar no pódio, mas simplesmente não tínhamos ritmo”, admitiu Ricciardo.

“Basicamente, [isso se deveu à] porcentagem entre curvas e retas. Todo mundo sabe que, neste ano, estamos perdendo tempo nas retas, mas recuperando nas curvas e não há curvas suficientes no Red Bull Ring. Outro fator foi que nossos rivais parecem terem encontrado um pouco mais neste final de semana e não estávamos conseguindo recuperar nas curvas tanto quanto antes. Então temos algumas coisas para rever.”

São os mesmos motivos que fazem o australiano ter uma expectativa mais positiva para a próxima etapa, na Grã-Bretanha. Afinal, o circuito de Silverstone é marcado pelas curvas de alta velocidade.

“Estou sempre otimista antes de Silverstone porque eu amo o circuito, mas também teve ser uma pista que casa melhor com nosso carro. Temos de aprender algumas coisas sobre a nossa performance na Áustria mas, assim que o fizermos, acho que estaremos lutando pelo top 5 e tentando chegar no pódio.”
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias