“Depois do que Grosjean fez, podemos esquecer 2012", diz engenheiro

Ricardo Penteado elogia a performance do francês e diz que Romain é até melhor que Raikkonen em alguns aspectos

O começo do ano não foi dos mais animadores, com problemas que chamou de “misteriosos” nas três primeiras etapas da temporada. Porém, Romain Grosjean ganhou da equipe Lotus um chassi novo para o GP do Bahrein e deu conta do recado.

O francês, que busca se firmar em sua segunda temporada completa como titular após mostrar uma mistura de velocidade e imprudência na estreia, só ficou de fora do Q2 por um erro de cálculo ao decidir não fazer duas tentativas e, largando em 11º, foi alçando posições para chegar ao pódio.

“Depois do que ele fez no GP do Bahrein, acho que podemos esquecer 2012”, acredita o engenheiro brasileiro Ricardo Penteado. “Ele fez ultrapassagens perfeitas – não colocou ninguém para fora e nem foi colocado para fora por ninguém. Foi limpo e mostrou realmente quem é o Grosjean. Até porque a velocidade ele já tinha mostrado.”

Falando ao TotalRace, Penteado, que é chefe de motores do carro de Kimi Raikkonen, diz que Grosjean é até melhor que o finlandês em alguns aspectos.

 “O Romain já mostrou ano passado que é um piloto muito rápido. Ele consegue usar os sistemas do carro de forma até melhor que o Kimi, eu diria. O problema dele é achar o acerto do carro e ter um pouco mais de confiança nele mesmo.”

A última apresentação do francês também agradou ao chefe da Lotus, Eric Boullier. “Finalmente conseguimos resolver tudo o que poderia estar dando errado e acho que ele está começando a curtir pilotar de novo. Dessa maneira, sua performance foi completamente diferente na última corrida.”

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Romain Grosjean
Tipo de artigo Últimas notícias