Derrota da Ferrari começou na classificação, diz Raikkonen

compartilhar
comentários
Derrota da Ferrari começou na classificação, diz Raikkonen
Por: Marco Di Marco
Traduzido por: Daniel Betting
16 de set de 2018 20:20

Kimi Raikkonen disse que para superar a Mercedes de Valtteri Bottas seria necessário mais voltas e também disse que a classificação para o GP de Singapura no domingo sentenciou o resultado

Kimi Raikkonen, Ferrari on drivers parade
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+, leads Sebastian Vettel, Ferrari SF71H, Max Verstappen, Red Bull Racing RB14, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+, Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H, and the rest of the field at the start
Lewis Hamilton, Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+, leads Sebastian Vettel, Ferrari SF71H, Max Verstappen, Red Bull Racing RB14, Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+, Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H, and the rest of the field at the start
Valtteri Bottas, Mercedes AMG F1 W09 EQ Power+, leads Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H, Daniel Ricciardo, Red Bull Racing RB14, and Sergio Perez, Racing Point Force India VJM11
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H
Kimi Raikkonen, Ferrari SF71H leaves the pits

A Ferrari deixou o GP de Singapura com um sabor amargo. Sebastian Vettel conquistou um terceiro lugar inútil para o campeonato diante da vitória de Lewis Hamilton, enquanto Kimi Raikkonen apenas cruzou a linha de chegada em quinto lugar em uma corrida que passou despercebido.

Nas voltas finais da corrida, Kimi Raikkonen se viu perseguindo seu compatriota da Mercedes, Valtteri Bottas, que tinha pneus mais usados, mas nunca conseguiu estar em posição de pressioná-lo pela posição e decidiu ficar em quinto lugar.

Aos microfones da imprensa, Raikkonen disse que teria levado mais dez voltas para conseguir ultrapassar Bottas.

"Na corrida não durou muito tempo, na maioria das vezes tivemos que seguir outros carros e tomar cuidado para não desgastar os pneus. Acho que tinha uma boa velocidade, mas quando você está em um circuito onde é difícil ultrapassar, você não pode aproveitar ao máximo", disse o piloto da Ferrari.

Leia também:

"Acho que teria levado mais dez voltas para ultrapassar Bottas, já que ele tinha problemas com os pneus."

No entanto, Raikkonen disse que nem tudo estava a seu favor, uma vez que ele sofreu com a perda de resposta de sua Ferrari nas curvas.

"Vi como Bottas sofria com seus pneus da frente, mas quando me aproximei dele perdi tração nas curvas e conseguia escapar desde o começo. Nunca tive uma chance real de superá-lo”.

Raikkonen não ficou particularmente impressionado com a clara vitória de Hamilton na pista de Marina Bay e explicou que na Ferrari perderam quase todas as opções para controlar a corrida desde sábado.

"Este é sempre assim, quem está na liderança pode ditar o ritmo e cuidar dos pneus. Estávamos à espera de um safety car, mas não veio e essa era a única chance de ganhar posições..."

"Infelizmente, perdemos a corrida ontem, mas é algo que acontece com frequência".

Próxima Fórmula 1 matéria
Ocon prefere "não analisar" incidente com Pérez

Previous article

Ocon prefere "não analisar" incidente com Pérez

Next article

Sainz se diz satisfeito com oitavo lugar no GP de Singapura

Sainz se diz satisfeito com oitavo lugar no GP de Singapura
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Sub-evento Pós-corrida
Pilotos Kimi Raikkonen Shop Now
Equipes Ferrari Shop Now
Autor Marco Di Marco
Tipo de matéria Entrevista