Os desafios de Marina Bay: prévia técnica do GP de Cingapura

compartilhar
comentários
Os desafios de Marina Bay: prévia técnica do GP de Cingapura
15 de set de 2017 11:25

A próxima etapa da F1 tem características únicas, em um circuito de rua e realizada à noite. Entenda os principais aspectos técnicos da corrida deste fim de semana!

Galeria
Lista

O GP de Cingapura é visto pelos pilotos como um dos mais difíceis de toda a temporada, seja pelas características do circuito, seja pelo clima da região.

O GP de Cingapura é visto pelos pilotos como um dos mais difíceis de toda a temporada, seja pelas características do circuito, seja pelo clima da região.
1/11

Foto de: Ferrari Media Center

O traçado nas ruas de Cingapura possui 5,065 km de extensão, mesclando curvas de baixa velocidade com retas de tamanho médio.

O traçado nas ruas de Cingapura possui 5,065 km de extensão, mesclando curvas de baixa velocidade com retas de tamanho médio.
2/11

Foto de: XPB Images

É a pista com mais curvas de todo o calendário, com 23. A dificuldade é ainda maior se considerarmos que, por se tratar de um circuito de rua, há muros próximos em toda parte.

É a pista com mais curvas de todo o calendário, com 23. A dificuldade é ainda maior se considerarmos que, por se tratar de um circuito de rua, há muros próximos em toda parte.
3/11

Foto de: XPB Images

Por isso, trata-se da segunda pista mais lenta de todo o calendário, atrás apenas de Mônaco. Em 2016, sua pole position foi na casa de 177,7 km/h de velocidade média.

Por isso, trata-se da segunda pista mais lenta de todo o calendário, atrás apenas de Mônaco. Em 2016, sua pole position foi na casa de 177,7 km/h de velocidade média.
4/11

Foto de: XPB Images

Contudo, ao contrário do que se passa em Mônaco com sua prova mais curta, o GP de Cingapura tem duração tradicional, com 308 km. Isso deixa a corrida mais longa, beirando as duas horas de duração.

Contudo, ao contrário do que se passa em Mônaco com sua prova mais curta, o GP de Cingapura tem duração tradicional, com 308 km. Isso deixa a corrida mais longa, beirando as duas horas de duração.
5/11

Foto de: Williams F1

Isso fica ainda mais agravado pelo clima duro da região. Mesmo que seja uma prova noturna, as temperaturas devem estar na casa de 30º C, com umidade relativa do ar perto de 80%. Isso provoca grande desgaste físico e mental.

Isso fica ainda mais agravado pelo clima duro da região. Mesmo que seja uma prova noturna, as temperaturas devem estar na casa de 30º C, com umidade relativa do ar perto de 80%. Isso provoca grande desgaste físico e mental.
6/11

Foto de: XPB Images

Por ser uma pista mais lenta, espera-se que o desempenho do motor tenha menor influência no rendimento geral dos carros. Os pilotos passam apenas 49% da volta com acelerador cravado.

Por ser uma pista mais lenta, espera-se que o desempenho do motor tenha menor influência no rendimento geral dos carros. Os pilotos passam apenas 49% da volta com acelerador cravado.
7/11

Foto de: XPB Images

O excesso de curvas também pode fazer os freios sofrerem, já que a demanda é alta em Marina Bay.

O excesso de curvas também pode fazer os freios sofrerem, já que a demanda é alta em Marina Bay.
8/11

Foto de: XPB Images

Olho também na durabilidade do câmbio. A pista exige cerca de 70 mudanças de marcha por volta, o que representa uma alta exigência.

Olho também na durabilidade do câmbio. A pista exige cerca de 70 mudanças de marcha por volta, o que representa uma alta exigência.
9/11

Foto de: XPB Images

Ultrapassagens não são tão frequentes no circuito. Para facilitá-las, Cingapura conta com duas zonas de DRS: na reta de chegada e entre as curvas 5, 6 e 7, o ponto mais longo de pé embaixo na pista.

Ultrapassagens não são tão frequentes no circuito. Para facilitá-las, Cingapura conta com duas zonas de DRS: na reta de chegada e entre as curvas 5, 6 e 7, o ponto mais longo de pé embaixo na pista.
10/11

Foto de: XPB Images

Como acontece em todas as pistas mais lentas e com temperatura de asfalto amena, Cingapura terá os pneus ultramacios, supermacios e macios.

Como acontece em todas as pistas mais lentas e com temperatura de asfalto amena, Cingapura terá os pneus ultramacios, supermacios e macios.
11/11

Foto de: Williams F1

Próxima Fórmula 1 matéria
McLaren oficializa saída da Honda e parceria com a Renault

Previous article

McLaren oficializa saída da Honda e parceria com a Renault

Next article

Renault confirma Sainz por empréstimo em 2018

Renault confirma Sainz por empréstimo em 2018
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Evento GP de Singapura
Localização Singapore Street Circuit
Tipo de matéria Conteúdo especial