Desconfortável, Di Resta diz que há muito trabalho até a classificação

Escocês foi o 10º nesta sexta-feira e quer melhorar o carro durante a noite. Sutil, em 11º, está mais otimista

Ao contrário do que ocorreu nos últimos GPs, a Force India ficou nesta sexta-feira apenas na segunda parte da folha de tempos no segundo treino livre para o GP da Alemanha. Mesmo assim, Adrian Sutil deixou a sessão satisfeito.

“Foi um dia muito bom e o carro parece competitivo”, disse o piloto alemão, que terminou na 11ª colocação. “Estamos com um desempenho parecido com o das últimas corridas e os pneus estão funcionando bem. O macio é fácil de conduzir e oferece boa aderência, embora tenha um alto nível de degradação em comparação com os médios, que é mais consistente. Os dois formam uma boa combinação para a corrida”.

Sutil ficou uma posição atrás de Paul di Resta, que mostrou mais pessimismo ao final do dia. “Foi uma sessão complicada e temos muita coisa pra pensar à noite. Não me senti muito confortável no carro e há espaço para melhorar. Demos muitas voltas e colhemos bastante informação. Os dois compostos são bem diferentes, então é preciso ter certeza de que iremos usá-los no período correto de tempo”, explicou o escocês.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Paul di Resta , Adrian Sutil
Tipo de artigo Últimas notícias