"Desenvolvimento não é mágica", avisa Alonso sobre Ferrari

compartilhar
comentários
25 de abr de 2012 07:58

Espanhol e Massa são cautelosos em relação ao salto que a Scuderia pretende dar em Barcelona: "melhora deve ser constante"

Alonso e Massa disputaram posições intermediárias no Bahrein

Olhando a tabela do campeonato de pilotos, Fernando Alonso é o piloto mais bem classificado da Ferrari, a apenas 10 pontos do líder. Mas todos em Maranello que a posição real do carro não é essa e a alta pontuação do espanhol em relação aos rivais tem muito a ver com a dispersão dos pontos nestas primeiras provas.

Por isso, se espera uma versão praticamente nova do F2012 para o GP do Barcelona, a ser testada na semana que vem, em Mugello. Os pilotos admitem que é necessário um grande passo adiante e lembram que as demais equipes não ficarão paradas, mas evitam colocar a corrida espanhola como um ‘ou vai, ou racha’ para a Scuderia.

“Em Barcelona, teremos mais peças. Precisamos testá-las para ver se funcionam. No Canadá, haverá mais, Mônaco... não existe nada que vá melhorar o carro em um segundo. Esse trabalho precisa ser constante, melhorando de um a dois décimos a cada passo, e precisamos fazer isso mais rápido do que os outros porque todos estão melhorando”, afirma Alonso, que é endossado pelo companheiro Felipe Massa.

“Precisa melhorar bem mais do que os outros, até porque, se melhorarmos o mesmo que os outros, nada muda. E ficando do jeito que está, sabemos que o pódio é algo muito difícil, longe do que pode acontecer com o carro que a gente tem hoje.”

Mesmo com a necessidade de recuperar o terreno perdido rapidamente, Alonso prega a calma no time .

“Não existe um botão mágico que você aperta ou uma peça mágica que você pode mudar e o carro fica competitivo, imediatamente. As peças vão chegar e tomara que façam o carro ser mais rápido, mas é preciso ficar calmos, deixar o pessoal trabalhar na Itália enquanto nós, nos GPs, maximizamos os resultados com o que temos em mãos.”

Alonso deixa claro que, com este carro, não tem condições de lutar pelo campeonato e que uma mudança precisa ser rápida.

“Estamos esperando dar um belo passo adiante. Estamos muito atrás, não estamos em posição de lutar pelo campeonato, então precisamos mudar essa situação e ser muito mais competitivos do que somos agora.”

“Espero que isso venha logo. Mugello vai ser um teste importante e Barcelona normalmente é uma das corridas em que todos trazem muitas melhorias. Também faremos isso, então espero que possamos dar um passo maior do que os outros, mas não saberemos até a tarde de domingo em Barcelona.”

Massa adianta que a direção do desenvolvimento do carro deve ser outra a partir do que está sendo produzido para a Espanha. “A gente tem uma ideia, mas não estamos felizes com o carro que temos. Por isso que o trabalho está sendo muito forte para mudar o caminho, porque ele não é fácil no momento.”

Próxima Fórmula 1 matéria
Raikkonen leva, por unanimidade, o Destaque TotalRace do Bahrein

Previous article

Raikkonen leva, por unanimidade, o Destaque TotalRace do Bahrein

Next article

Sem novidades no carro, HRT não vai participar dos testes de Mugello

Sem novidades no carro, HRT não vai participar dos testes de Mugello
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Pilotos Fernando Alonso Shop Now , Felipe Massa Shop Now
Tipo de matéria Últimas notícias