Ex-Caterham, Watson assume cargo de chefe da Toro Rosso

Graham Watson foi mais um a deixar a Caterham, que sofre com problemas financeiros e ainda não se garantiu no grid para 2015

Watson é o novo chefe da Toro Rosso
O desmanche na Caterham ganhou mais um capítulo nesta quarta-feira. Graham Watson, que deixou a equipe no último mês de setembro, garantiu-se em um cargo importante para 2015. O britânico será o chefe da Toro Rosso para a temporada do ano que vem na Fórmula 1.
 
[publicidade]Watson já possuía importante participação na Toro Rosso, mas, com a saída de Steve Nielsen para a Williams, assume definitivamente a chefia da escuderia, que contará em 2015 com a dupla mais jovem da história da F1, formada por Max Verstappen e Carlos Sainz Jr.
 
O britânico deixou a Caterham em meio ao processo de reformulação do time, por conta dos graves problemas financeiros e administrativos que atingiram a equipe durante a última temporada.
 
A Caterham segue em busca de um investidor para a próxima temporada. Enquanto não sela acordos e reforça o caixa, a equipe perde membros a cada dia; recentemente, o piloto reserva Robin Frijns deixou Leafield.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias