Desmanche, novo capítulo: piloto de testes deixa a Caterham

Robin Frijns encerrou o compromisso com a Caterham nesta segunda-feira

Robin Frijns deixou a Caterham
Sem um investidor para a temporada 2015, a Caterham segue o processo de desmanche, o qual torna quase que inviável a participação do time no campeonato de Fórmula 1 do ano que vem. Nesta segunda-feira, quem deixou a equipe foi Robin Frijns, piloto de testes em 2014.
 
[publicidade]O holandês possuía contrato válido até esta segunda-feira. A falta de investidor e o dinheiro quase que zerado em caixa impediram a prorrogação do compromisso, e Robin Frjins acabou liberado ao fim do acordo firmado anteriormente com a Caterham.
 
“Gostaria de agradecer e dizer adeus a todas as pessoas na Caterham, com quem trabalhei nos últimos 12 meses. Manterei meus dedos cruzados e torcerei pelo futuro da equipe na Fórmula 1”, declarou o holandês de 23 anos.
 
Robin Frijns, sem perspectiva dentro da categoria máxima do automobilismo, recentemente participou de testes da DTM com a BMW em Jerez de la Frontera, na Espanha.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias