Desolado, Rosberg lamenta estouro do motor no fim da prova

Alemão diz que tinha boas possibilidades de ultrapassar Vettel pela segunda posição

Pura frustração. Esse é o sentimento de Nico Rosberg, que  agora está a 53 pontos de Lewis Hamilton. Tendo problemas em boa parte do fim de semana, sendo obrigado a utilizar versão anterior do motor desde ontem, o vice-líder do campeonato desabafou ao término da corrida: 

"Estou muito, muito desapontado", disse Rosberg. "Tudo deu errado no fim de semana, muita falta de sorte, acredito. Nossos problemas eram no chassi, o que significava que tínhamos que mexer no motor."

"Mas o motor explodir faltando duas voltas para o fim é o mais frustrante, com certeza."

Antes da derrocada, Rosberg estava otimista em completar mais uma dobradinha da Mercedes:

"Eu estava num bom ritmo para chegar no Vettel, meus freios estavam bons para isso. E no momento que eu estava tentando, o motor se foi."

"Foi um enorme passo, mas na direção errada. No momento em que preciso tirar alguns pontos para o líder, tenho a maior perda de toda temporada", lamentou

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pista Monza
Pilotos Nico Rosberg
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias