Di Grassi alerta: "Pneus macios provocarão mais paradas em 2013"

compartilhar
comentários
Di Grassi alerta:
Por: Rian Assis
16 de jan de 2013 12:19

Pirelli conseguiu amenizar os problemas com as bolhas em seus pneus, por isso acredita-se que as equipes poderão arriscar mais em compostos mais moles nas corridas

Lucas di Grassi disse que os pneus Pirelli para a temporada 2013 da Fórmula 1 ficarão mais macios e que, por causa disso e da correção dos problemas das bolhas, os pits stops voltarão a ficar mais frequentes.

O piloto de testes da Pirelli e recém-contratado da Audi para a temporada do Mundial de Endurance, WEC, conversou com jornalistas em Cotia, São Paulo, em um evento onde ele mostrava seu novo site. TotalRace estava presente na coletiva.

"Para 2013 o pneu ficará um pouco mais mole no geral, vai ficar um pouco mais fácil de trabalhar, pois terá menos blister. E com isso, por ele ter menos bolhas, você conseguirá usar um composto mais macio em muitas corridas. Onde era, por exemplo, Macio e Duro, pode ser que neste ano use o Macio e o Médio", explicou Lucas di Grassi, que ao fim do evento promoveu um encontro de kart com os jornalistas presentes no Kartódromo Granja Viana.

"O pneu também ficou um pouco mais quadrado para aumentar a área de contato, mas isso não influenciará muito nos tempos. Pela nossa parte será somente 0s3, menos perceptível se a temperatura de pista estiver 10ºC a mais ou a menos, por exemplo", completou.

"E com isso também volta a ter mais pit stops. As equipe foram começando a entender um pouco mais os pneus e começou a ter menos paradas. Mas agora com este pneu mais mole, estão tentando empurrar de volta para ter mais pit stops", revelou.

Sobre sua continuação, ou não na Pirelli, o piloto – que neste fim de semana competiu no Desafio Internacional das Estrelas de Kart – disse que terá que esperar uma definição da fabricante para saber seu futuro, mas revelou que está em conversação com três equipes da Fórmula 1 para ser piloto de testes e desenvolvedor de carros para tais.

"A partir do momento se eles decidirem se vão continuar mais três anos, ou não, aí eles vão definir uma posição. Mas fora isso, ainda estou conversando com três equipes para ser piloto de testes para que eu faça um desenvolvimento com eles. Pode ser que surja uma novidade", finalizou.

Próxima Fórmula 1 matéria
Dupla nova não atrapalhará Sauber, acredita Nico Hulkenberg

Previous article

Dupla nova não atrapalhará Sauber, acredita Nico Hulkenberg

Next article

Mercedes e Toro Rosso lançarão seus carros em 4 de fevereiro

Mercedes e Toro Rosso lançarão seus carros em 4 de fevereiro
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Rian Assis
Tipo de matéria Últimas notícias