Di Resta busca terceira corrida nos pontos com a Force India

Piloto escocês pontuou em Melbourne e Sepang, considerando este um ótimo início de temporada para a equipe

Paul di Resta

Depois de duas corridas nos pontos, Paul di Resta só pensa em continuar essa toada com a Force India no GP da China, marcado para este domingo.

As provas da Austrália e da Malásia fizeram o escocês acumular sete pontos, com Nico Hulkenberg contribuíndo com mais dois para o time indiano, fato exaltado pelo time por conta das dificuldades da F-1.
 
"A equipe toda está bem contente em ter nove pontos após duas corridas. Vimos como as equipes estão próximas e somar pontos não é fácil. Por isso é bom começar e continuar assim", analisa.
 
Segundo o piloto, a primeira curva do circuito de Xangai é a mais desafiadora de todo o traçado, com uma grande ondulação, mas, mesmo assim, também é o melhor ponto de ultrapassagem.
 
"A curva 1 é muito longa e parece que nunca vai acabar. A chave para acertar ela é a velocidade que você carrega dentro da curva. Além disso, existe uma grande ondulação na entrada da curva, o que dificulta mais", analisa.
 
"A melhor chance é na curva 1 ou no hairpin da curva 14, que alarga na entrada e torna as coisas difíceis para defesa. Também vimos a efetividade do DRS no ano passado, o que ajudou a produzir uma boa corrida e esperamos o mesmo neste ano", completa.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias