Di Resta, nono, está confiante que pode ter uma boa corrida amanhã

Quarto no classificatório, mas penalizado por troca uma de câmbio, escocês elogiou o desempenho da equipe

O treino classificatório do Grande Prêmio da Itália, no autódromo Internacional de Monza neste sábado, foi distinto para a Force India. De um lado, a quarta colocação (nona, com a penalização por troca de câmbio) de Paul di Resta foi para se comemorar. A quebra de Nico Hülkenberg, por outro lado, foi frustrante. O alemão partirá em último.

"O carro está se comportando bem durante todo o fim de semana, então sabíamos que tínhamos um bom desempenho para o classificatório. Estou muito feliz com a volta no Q3, que foi a minha melhor do fim de semana. O time todo está fazendo um excelente trabalho", disse di Resta.

O escocês lamentou a troca de câmbio, mas está confiante que poderá conseguir muitos pontos na prova de amanhã.

"A penalização pela troca de câmbio é frustrante, mas pelo menos ainda largamos dentro do top 10. O desafio agora é ter certeza que teremos um bom ritmo e usaremos a estratégia para conseguir bons pontos", completou.

Já Hülkenberg lamentou muito, pois sabia que tinha um carro para brigar pelas primeiras colocações.

"Estou desapontado. Tive uma quebra no início de minha primeira volta e a equipe pediu para eu sair do carro. Foi uma pena, pois o carro parecia competitivo. Sair de trás amanhã será duro. Tentarei acelerar forte para conseguir algo", finalizou.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Paul di Resta , Nico Hulkenberg
Tipo de artigo Últimas notícias