Dinamarca abandona planos de sediar GP de F1

compartilhar
comentários
Dinamarca abandona planos de sediar GP de F1
21 de set de 2018 16:38

A Dinamarca abandonou os planos de entrar no páreo para sediar uma corrida de F1 devido à falta de apoio das autoridades locais.

No último ano, os proprietários da F1, o grupo Liberty Media, e as autoridades de Copenhague, capital da Dinamarca, entraram em negociações a respeito de uma possível prova em um circuito de rua na cidade a partir de 2020.

O projeto era encabeçado por um consórcio que envolvia políticos e bancos, sendo que até chegou a ser montado um esboço do traçado com a ajuda do piloto Jan Magnussen (pai de Kevin Magnussen) e do arquiteto de circuitos da F1, Hermann Tilke.

No entanto, o Ministro das Finanças da Dinamarca, Kristian Jensen, confirmou na sexta-feira à agência Reuters que os planos foram abortados, uma vez que não houve o suporte necessário por parte das autoridades locais.

Sendo assim, a F1 continua distante da Escandinávia, já que a última prova na região foi em 1978, com o GP da Suécia, em Anderstorp.

Próxima Fórmula 1 matéria
Hankook se candidata para fornecer pneus para a F1 em 2020

Previous article

Hankook se candidata para fornecer pneus para a F1 em 2020

Next article

Análise técnica: Ferrari é a mais nova equipe a copiar McLaren

Análise técnica: Ferrari é a mais nova equipe a copiar McLaren
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Tipo de matéria Últimas notícias