Diretor da Mercedes garante: “F1 estará na Alemanha em 2016”

Toto Wolff mostra confiança falando sobre futuro de prova em Hockenheim e destaca ressaca alemã no esporte: “ganharam tudo”

Sem uma corrida na Alemanha pela primeira vez desde 1960 no calendário da Fórmula 1 em 2015, o GP deverá retornar no próximo ano ao que tudo indica. Pelo menos é o que garante o chefe da Mercedes, o austríaco Toto Wolff.

"Nós vamos estar na Alemanha no próximo ano. A corrida está 100% garantida. O orçamento existe, é um fato ", disse Wolff. Segundo estimativas, a taxa que que precisava ser paga para a realização da corrida neste ano era de 21 milhões de dólares.

"Bernie Ecclestone e a Mercedes tentaram ajudar os organizadores de Hockenheim a financiar o GP deste ano. Não conseguimos.”

"Há um impacto sobre a Mercedes em perder o GP da Alemanha. É uma pena que não possamos exibir os nossos carros na frente de nossos fãs e colegas de Daimler. Nós estaremos lá no próximo ano. Hockenheim foi agendada para o próximo ano e não há dúvidas de que irá acontecer. É certo."

Wolff acrescentou que ficar sem ir à Alemanha por um ano pode não ter sido de todo ruim. "Há uma ressaca na Alemanha quando o assunto é F1, esportes em geral e heróis nacionais.”

“Tiveram o Schumacher ganhando cinco vezes seguidas, o Sebastian Vettel quatro vezes consecutivas e o time de futebol alemão vencendo a Copa do Mundo.”

“Eles tiveram tudo. Para onde você vai a partir daí? Talvez não termos ido para lá neste ano tenha sido uma coisa boa."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Equipes Mercedes
Tipo de artigo Últimas notícias
Tags toto wolff