Diretor executivo Toto Wolff troca Williams por Mercedes

compartilhar
comentários
Diretor executivo Toto Wolff troca Williams por Mercedes
Por: Julianne Cerasoli
21 de jan de 2013 09:51

Empresário austríaco comprou 30% das ações da equipe alemã e ocupará mesmo cargo que deixou no time de Grove

O austríaco Toto Wolff deixou a Williams para se tornar diretor executivo e acionista da Mercedes. O time alemão também anunciou que Niki Lauda, presidente não-executivo da equipe, também comprará ações.

Assim, Wolff, que era acionista e também ocupava o cargo de diretor executivo na Williams desde meados de 2012, assume o controle das atividades automobilísticas da Mercedes, coordenando também a presença da marca na DTM, além da equipe de F-1. A Daimler segue com 60% das ações da equipe, mas agora Wolff tem 30 e Lauda, 10%.

Ainda que tenha deixado seu cargo na Williams, Wolff segue como acionista do time de Grove. “A Mercedes é uma das participantes mais importantes no automobilismo mundial. Não sou apenas um grande fã, mas também um amigo de longa data e entusiasta da marca”, afirmou o empresário. “Estou ansioso pelo desafio e, além de me preparar para uma temporada de sucesso, também quero focar na promoção de novos talentos. Estou deixando a Williams com um bom clima e sentirei falta da equipe e dos amigos que fiz. Também quero desejar a Frank e toda a Williams o melhor para o futuro.”

O presidente da Mercedes-Benz, Dieter Zetsche, destacou a importância da chegada de Wolff após a saída de Norbert Haug no final do ano passado. “Como empreendedor, investidor e empresário do automobilismo, Toto Wolff provou que este esporte está em seu sangue. Ao mesmo tempo, ele também está ciente das necessidades econômicas do negócio.”

Next article
Marussia quebra contrato de Glock e abre nova vaga na F-1

Previous article

Marussia quebra contrato de Glock e abre nova vaga na F-1

Next article

Bottas diz que atraso da Williams não atrapalhará desenvolvimento

Bottas diz que atraso da Williams não atrapalhará desenvolvimento
Load comments

Sobre esta matéria

Categoria Fórmula 1
Autor Julianne Cerasoli