Discurso das “equipes do fundão” é otimista para o GP de Monza

Da turma de trás, piloto mais bem colocado foi o australiano Daniel Ricciardo, que terminou a sessão dois em 15º

Ricciardo, o mais veloz do catadão

Após os treinos livres desta sexta-feira, a maioria dos pilotos que ficaram com as últimas posições nas duas sessões de hoje disseram que estão confiante para o treino classificatório e que definirá o grid de largada para o Grande Prêmio da Itália, no autódromo de Monza.

Confira o que cada piloto da Toro Rosso, Caterham, Marussia e HRT disseram:

Toro Rosso
Daniel Ricciardo, TL1 - 1min27s373, 17º; TL2 - 1min26s724, 15º
"Chegamos a Monza com um pacote aerodinâmico especial de baixo downforce, e desde o início o carro foi um pouco diferente, ficando um pouco instável a altas velocidades. Ainda estamos ainda à procura de um pouco mais de velocidade e mesmo que cheguemos à perfeição, acredito que há espaço para melhorias para o resto do fim de semana."

Jean-Eric Vergne, TL1 - 1min27s789, 18º; TL22 - 1min26s864, 19º
"Esta é a minha primeira vez em Monza com um carro de Fórmula 1 e, definitivamente, me pareceu fácil! Estou acostumado a correr com muito downforce, por isso ainda temos alguns trabalhos a fazer para melhorar nosso desempenho. A equipe fez um bom trabalho hoje, mas agora é estudar os dados colhidos e descobrir o melhor set-up para a classificação e para a corrida."

Caterham
Heikki Kovalainen,
TL1 – 1min27s855, 19º; TL2 – 1min26s841, 18º
"Nossa sexta-feira foi muito boa. Claramente estamos mais competitivos aqui do que em todas as corridas desde Valência. Os carros estão em uma configuração muito diferente da de Spa, Hungria, Hockenheim ou Silverstone, mas isso não explica a diferença que senti de desempenho. No geral, tenho um sentimento positivo.”

Vitaly Petrov, TL1 – 1min28s578, 20º; TL2 – 1min27s222, 20º
"Estamos indo na direção certa. Andamos com ambos os carros em diferentes configurações aerodinâmicas para que pudéssemos gerar mais dados. Com isso, dá para trabalhar hoje à noite e nos prepararmos para a corrida e o classificatório.”

Marussia
Timo Glock, TL1 - 1min29s207, 22º; TL2 - 1min27s944, 21º
"No geral, o carro estava bem e não há problemas com os longos stints de corrida até agora. Os tempos foram bastante consistentes. Estou feliz com os treinos livres. Talvez precisemos um pouco mais de ajuste fino. Vamos ver o que podemos fazer daqui para frente"

Charles Pic, TL1 - 1min28s751, 21º; TL2 - 1min27s968, 22ºw
"Foi um dia muito ocupado para nós, talvez até mais do que o normal, pois estamos seguindo um programa muito abrangente. Tentamos muitas coisas diferentes esta manhã para, no intervalo, tentar seguir em uma direção, mas esta pista não é fácil de configurar o carro. Acho que estamos trabalhado bem para estabelecer um bom ponto inicial, mas ainda há muito que fazer."

HRT
Pedro de la Rosa, TL1 - 1min29s331, 23º; TL2 - 1min28s575, 23º
"Hoje tivemos duas sessões limpas que nos permitiram experimentar diferentes configurações aerodinâmicas e fazer uma comparação dos compostos de pneus para stints longos. Não enfrentamos nenhum problema e completamos tudo como planejado. Podemos melhorar o carro para amanhã, mas já definimos uma boa base para a corrida."

Narain Karthikeyan, TL2 - 1min28s779, 24º
"Estamos focados em testar diferentes tipos de setups, e o carro funcionou bem com todos eles. Foi uma pena que tivemos que parar antes do fim por causa de um problema com os escapamentos. Foi uma medida de precaução, mas será corrigido para amanhã. A melhor coisa sobre o dia foi que eu encontrei um ritmo rapidamente e que o carro teve um bom desempenho."

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP da Itália
Pilotos Pedro de la Rosa , Narain Karthikeyan , Heikki Kovalainen , Timo Glock , Vitaly Petrov , Daniel Ricciardo , Charles Pic
Tipo de artigo Últimas notícias