Disputa interna alerta Rosberg: 'Todos os pontos são cruciais'

Companhia de Hamilton na briga pelo título faz Rosberg destacar a importância de um bom desempenho na Bélgica

Pressionado por Hamilton, Rosberg prevê briga pelo título até o fim
Líder do Mundial de Pilotos da Fórmula 1 em 2014, Nico Rosberg se mostra ansioso pelo retorno da temporada. Os onze pontos de vantagem sobre o companheiro de Mercedes, Lewis Hamilton, ainda deixam o alemão desconfortável e pressionado. Tanto que o piloto manifestou a necessidade de um grande resultado já neste final de semana, na Bélgica.
 
“Todos os pontos são cruciais. Na Fórmula 1, não podemos permitir-nos ceder qualquer vantagem. Sei que eu e a equipe trabalharemos ainda mais intensamente para continuarmos a melhorar e mantermos essa minha posição até o final”, discursou o alemão.
 
Toda a cautela de Rosberg se justifica pela pressão recebida dentro do próprio paddock da Mercedes. Na Hungria, na última etapa antes da parada de verão, Hamilton subiu ao pódio no terceiro posto, enquanto o alemão completou o GP apenas na quarta posição.
 
A derrota na disputa direta em Hungaroring alertou Rosberg, ciente do equilíbrio dentro da escuderia. “A batalha com Lewis tem sido muito disputada e deve continuar assim até o final, por isso todos os pontos são cruciais”, concluiu o até então favorito ao título mundial.
 
Nico Rosberg somou 202 pontos na primeira metade da temporada da Fórmula 1. Hamilton aparece logo atrás com 191. Um pouco mais distante, na terceira posição, surge a surpresa Daniel Ricciardo, que ofuscou Sebastian Vettel até agora na Red Bull, com 131.
 
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias