Doente, Perez diz que pensou em abandonar GP da Malásia

Desde sexta-feira com dificuldades, piloto resiste a desafio físico em Sepang e termina prova em sexto

Sofrendo com um vírus desde o início do final de semana do GP da Malásia, Sergio Perez por pouco não abandonou a prova do último domingo.

Mesmo sofrendo com o clima quente e úmido no dia da corrida, ele impressionou e terminou em sexto lugar em um dos GPs mais físicos do ano.

"Ele não se sentiu bem", disse o chefe de operações da Force India, Otmar Szafnauer, ao Motorsport.com.

"Eu acho que esta doença é séria. Ele disse que queria parar, mas apenas continuou. Ele fez o que tinha que fazer e terminou. Ele disse que foi a corrida mais difícil de sua carreira. Posso entender o porquê.”

"Já não é fácil quando você se sente em forma neste calor e nesta umidade, mas quando você não está apto deve ser muito difícil."

Quando perguntado se espera que Perez volte à forma completa para o GP do Japão deste fim de semana em Suzuka, Szafnauer disse: "Sim, ele estará OK. Ele é um piloto forte".

Perez disse que houve momentos durante o fim de semana nos quais ele se sentiu tão mal que achou que poderia ter que abandonar.

"Apenas alcançar a linha de chegada já é um bom resultado", disse ele. "Em alguns pontos, pensei em desistir do fim de semana dada a minha condição.”

"Eu simplesmente não tinha vontade de continuar. Apenas tenho que agradecer aos médicos por me ajudar. Então, estou feliz por ter chegado ao fim. Consegui alguns bons pontos para o time.”

"Espero estar de volta à forma completa no Japão".

Vice-diretor da equipe, Bob Fernley acrescentou: "Sergio fez uma corrida praticamente perfeita, apesar de estar mal. O sexto lugar é uma recompensa maravilhosa por sua perseverança durante o fim de semana".

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Sergio Perez
Tipo de artigo Últimas notícias