"Dói muito ver Ferrari lenta nas retas", lamenta Montezemolo

Presidente da Scuderia deixou circuito do Bahrein, domingo, enquanto GP ainda estava na metade

Apesar de estar no Bahrein e de ter ido ao circuito de Sakhir durante o fim de semana, Luca di Montezemolo não viu Fernando Alonso cruzar a linha de chegada comemorando um singelo 9º lugar. Isso porque o presidente da Ferrari resolveu deixar o autódromo na metade da corrida, incomodado com o mau desempenho dos carros vermelhos

“Dói muito ver a Ferrari tão lenta nas retas”, disse Montezemolo à Gazzetta dello Sport, enquanto deixava o local. “Não há mais nada para ver aqui. Não que eu estivesse esperando muita coisa nessa corrida, mas algo mais que isso”, acrescentou o dirigente.

Durante o GP do Bahrein, Fernando Alonso e Kimi Raikkonen mostraram muita dificuldade em acompanhar os carros de Red Bull, McLaren, Williams e Force India. Isso para não falar nas Mercedes, que estão em outro nível.

Para Montezemolo, o jeito é aproveitar agora os testes dessa semana no mesmo circuito de Sakhir para melhorar o carro. “Será necessário fazermos um esforço extra nesta semana. Temos muitas coisas para testar”, acrescentou.

Além de não gostar do rendimento da Ferrari, que teve seus pilotos chegando em 9º e 10º no domingo, Montezemolo certamente ficou incomodado com o espetáculo que foi o GP do Bahrein, repleto de pegas em todos os pelotões. Ao lado de Bernie Ecclestone, Montezemolo é um forte crítico das regras atuais.
Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Evento GP do Bahrein
Tipo de artigo Últimas notícias