Domenicali afasta possibilidade de contar com Vettel em 2014

Chefe da Ferrari acredita que juntar muitas estrelas na mesma equipe pode ser "mais prejudicial do que positivo"

O chefe da Ferrari, Stefano Domenicali, afastou a possibilidade de contar com Sebastian Vettel a partir de 2014, quando acaba o atual acordo do tricampeão mundial com a Red Bull. O italiano acredita que seria difícil lidar com dois pilotos muito fortes, uma vez que o contrato de Fernando Alonso acaba ao final da temporada de 2016.

“Sempre dissemos, e acho que o presidente [Luca di Montezemolo] também declarou, que uma equipe dos sonhos é algo extraordinário se bem gerenciado e se as coisas funcionarem bem. De momento, acho que não é nossa meta. Temos de maximizar o equilíbrio da performance da equipe. Temos de ser cuidadosos.”

Falando durante encontro da Ferrari em Madonna di Campiglio, na Itália, Domenicali afirmou que a tática de juntar os melhores nem sempre funciona. “Não é só na F-1, isso é também verdadeiro no mundo do esporte. Se você colocar todos os números um juntos na mesa pode ser mais prejudicial do que positivo. Então, no momento, não é nossa meta.” 

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Tipo de artigo Últimas notícias