Domenicali vê Raikkonen como "um grande perigo" pelo título

Chefe da Ferrari destaca consistência e "pragmatismo operacional" do finlandês, atualmente vice-líder do campeonato

Ele pode pilotar por uma equipe que está longe dos orçamentos de Ferrari e Red Bull, mas Kimi Raikkonen é, sim, um rival a ser levado a sério na disputa pelo título. É o que garante Stefano Domenicali, chefe da Ferrari.

O italiano comparou a consistência de Raikkonen neste início de temporada com a atuação de seu piloto, Fernando Alonso, em 2012. O finlandês conquistou quatro pódios, sendo uma vitória, nas cinco primeiras etapas.

“Creio que Kimi esteve a um passo da perfeição nestas cinco primeiras corridas, assim como Fernando ano passado – ainda que, se perguntar a ele, sempre dirá que poderia ter ido melhor.”

Assim, ocupa a vice-liderança do mundial, a quatro pontos de Sebastian Vettel e 13 à frente do próprio Alonso. Para Domenicali, a tendência é que Raikkonen continue somando pontos constantemente.

“É um piloto muito constante, que sabe gerir bem o carro e sabe cuidar destes pneus de maneira impecável. Com o pragmatismo operacional que lhe é peculiar, devo dizer que ele é um grande perigo”, afirmou o dirigente, que trabalhou com o finlandês nos três anos em que Kimi pilotou pela Ferrari.

Escreva um comentário
Mostrar comentários
Sobre este artigo
Categorias Fórmula 1
Pilotos Kimi Raikkonen
Tipo de artigo Últimas notícias